quarta-feira, abril 12, 2017

A fabricação do culpado

Num dia como o de hoje do ano 33, dia a mais, dia a menos, Jesus de Nazaré morreu na cruz.
 Seus juízes o condenaram por incitação à idolatria, blasfêmias e superstição abominável.
Alguns séculos depois, os índios das Américas e os hereges da Europa foram condenados por esses mesmos crimes, exatamente os mesmos, e em nome de Jesus de Nazaré foram castigados com açoite, forca ou fogo.
(Eduardo Galeano em "O Filho dos Dias")


Nenhum comentário :