domingo, abril 16, 2017

A Ilha Fantasma de Nova York

Há uma ilha fantasma desabitada em Nova York que não está no seu mapa turístico
Fica no East River , entre o Bronx ea Ilha de Riker. Chamado North Brother Island, já abrigou hospitais, centros de quarentena e centros de desintoxicação, Agora é apenas uma ilha decadente que está fora dos limites.  Milhares de pessoas morreram lá. Além dos hospitais,  um navio a vapor chamado General Slocum pegou fogo p erto da praia.. Mais de  mil pessoas ou morreram no incêndio  ou de afogamento.
 Hoje a ilha está fechada, exceto para os pássaros que lá fizeram o seu santuário e os fantasmas que vagueiam pelas ruínas.

A tragédia com o navio a vapor



A ilha foi o lar e lugar de descanso de Mary Mallon (apelidada de "Typhoid Mary")  que foi a primeira pessoa em dos Estados Unidos a ser identificada como uma portadora assintomática da doença tifóide. Mary Mallon (seu verdadeiro nome) trabalhou como cozinheira para várias famílias em Nova York de 1900 a 1907.

Em poucas semanas de seu emprego inicial, vários membros das famílias adoeceram de febre tifóide. Mary não tinha consciência de sua conexão com a doença (ou de higiene básica como lavar as mãos) e continuava mudando de família para família, com seus empregadores ficando doentes, causando surtos onde quer que fosse.
Em 1906, um investigador foi investigá-la. Ela se recusou a acreditar que ela era portadora, não concorda com todos os testes e tentou fugir. Mary acreditava que ela era inocente e que estava sendo perseguida, o que obrigou as autoridades a prende-la e confiná-la à força.
Ela foi pra quarentena na ilha em 1907.
Testes realizados em Mary determinaram que ela tinha a doença em sua vesícula biliar, mas ela não consentiu em remove-la. Foi-lhe dito que, se tivesse o órgão retirado e deixar de trabalhar como cozinheira, seria libertada.
 Em 1910, ela consentiu que nunca mais iria cozinhar, e foi solta. Mary mentiu. Mudando de  nome, e partiu pra Nova york. Foi recapturada em 1915, depois de infectar cerca de 30 pessoas. Ela foi levada de volta para North Brother Island, onde viveu em quarentena até 1938, quando  morreu de um acidente vascular cerebral. Depois disso, o Hospital Riverside fechou para sempre.

Alguns anos mais tarde, decidiu-se que um hospital da tuberculose precisava ser construído no local,. Ficou pronto em 1943, mas foi logo abandonado por ser considerado obsoleto.

Nos anos 50,  o hospital e um pavilhão foram transformados em um centro de reabilitação de jovens  dependentes de heroína, uma instalação foi fechada novamente em 1964 devido ao confinamento forçado, abuso e má administração. Desde então, uma ilha foi abandonada.















Nenhum comentário :