sábado, dezembro 27, 2008

PREVISÕES 2009

Antonio Roberto de Paula, além de jornalista, também faz previsões para 2009.

1 - Faustão vai dizer a palavra “galera” 12.457 vezes em seus programas.
2 - Rubinho Barrichello vai fazer seus lamentos no programa da Ana Maria Braga.
3 - Xuxa vai comemorar o aniversário da Sacha e a “Contigo”, a “Caras” e outras vão mostrar.
4 - Júnior, irmão da Sandy, vai lançar um CD com sua banda e não fará sucesso.
5 - Em outubro, Junior, irmão da Sandy, vai ameaçar: “Vou iniciar carreira solo.” Felizmente, vai ficar só na ameaça.
6 - Sandy vai falar da sua vida de casada e dos seus projetos artísticos no Faustão. Sua carreira vai dar uma estacionada e seu marido vai levá-la para fazer shows com a Família Lima.
7 - Deborah Secco fará papel de piranha numa novela da Globo. No final do ano dirá que está cansada, que vai dar um tempo por alguns meses e na volta vai prometer que fará uma personagem com profundidade para mostrar todo o seu talento dramático
8 - Vesgo e Silvio se tornarão os malas da TV em 2009. A fórmula de escracho a celebridades vai ficar cada vez mais gasta e a dupla vai tentar outras alternativas, mas sem sucesso. Aí o Silvio Santos fará o convite para que façam a mesma coisa no SBT.
9 - A Turma do Casseta e Planeta vai cair na real e a Globo também: o programa vai sair do ar.
10 - Emerson Leão vai brigar com cinco jogadores, três dirigentes e sete profissionais de imprensa durante o ano.
11 - As bobagens que Lula dirá em frente às câmeras durante o ano serão proporcionais à sua popularidade.
12 - O CQC continuará fazendo sucesso, mas despertará a ira de muitos famosos e principalmente dos políticos. O ator Paulo Betti continuará sendo o alvo preferido das gozações.
13 - Atores globais farão filmes inconsistentes e sem graça com grande divulgação.
14 - Em 98.7% das entrevistas, os jogadores de futebol utilizarão as seguintes frases: “Não temos que pensar mais nesse jogo. Agora, é trabalhar forte durante a semana para a próxima partida.” “Jogamos melhor, mas futebol é assim mesmo: na única oportunidade, eles foram lá e fizeram o gol. Agora, é trabalhar forte para vencer o próximo jogo, mas sempre respeitando o adversário.” “Não podemos pôr a culpa apenas num jogador. Quando o time vence, todos vencem; quando perde, todos perdem. Agora, é trabalhar forte porque teremos mais um adversário difícil pela frente.” “Quero dedicar este gol e esta vitória primeiramente a Deus, depois a minha família, a minha esposa e a minha filha. Um beijo no seu coração, querida. Mas, agora já passou. Temos que trabalhar forte para a próxima partida porque não ganhamos nada ainda.”
15 - Todos os big brothers sairão da casa dizendo: “É muito difícil ficar ali. É uma pressão muito grande. Não suportaria essa tensão novamente. Foi uma grande experiência na minha vida.”

quinta-feira, dezembro 25, 2008

CARTÃO DA DAIBERT

queridos,
que seus corações transbordem
de bons sentimentos neste dia especial.
um lindo Natal a todos.
beijos e abraços,
juliana e luiz



POEMA DE NATAL
de Conceição Evaristo

O frio assola
os meninos no Natal
nas grutas, nas vielas,
nos condomínios…
O frio no Natal assola
a vida de muitos.
Na solidão do vazio prato,
o esbanjar da ceia
cerceia o paladar
de quem apenas em sonho,
molha a farinha seca,
no vinho tinto e extinto
pelo derramamento
do cálice do outro.

O frio no Natal
não tem nascedouro
em dezembro.
Há longas datas
o frio assola
a boca vazia
do ano inteiro.

Em dezembro, porém
uma lembrança erupciona
a pele de todos.
O frio do outro Menino, o frio do outro…

E então, no afã de exterminar
o nosso frio, fabricamos
o calor de um só dia, esquecidos
de que como os deuses
também podemos milagrar a vida.

Basta tomar
o fogo-brilho da estrela
e com a chama do divino-humano
que em nós habita,
maravilhar o mundo com
a estrela-guia da justiça.

quarta-feira, dezembro 24, 2008

MEU FILME DE NATAL



It's A Wonderful Life de Frank Capra. Título em português: A Felicidade Não se Compra

FELIZ NATAL

Idah Saidan Wa Sanah Jadidah
Feliz Navidad
Shenoraavor Nor Dari yev Pari Gaghand
Tchestita Koleda
Gun Tso Sun Tan'Gung Haw Sun
Sretan Bozic
Vrolijk Kerstfeest en een Gelukkig Nieuwjaar!
Merry Christmas
Joyeux Noel
Kala Christouyenna!
Kellemes Karacsonyi unnepeket
Selamat Hari Natal
Idah Saidan Wa Sanah Jadidah
Nollaig Shona Dhuit
Buone Feste Natalizie
Shinnen omedeto. Kurisumasu Omedeto
Sung Tan Chuk Ha
Natale hilare et Annum Faustum!
Linksmu Kaledu
Sreken Bozhik
Gledelig Jul
Bikpela hamamas blong dispela Krismas na Nupela yia i go long yu
Maligayan Pasko!
Wesolych Swiat Bozego NarodzeniaSarbatori vesele
Pozdrevlyayu s prazdnikom Rozhdestva is Novim Godom
Hristos se rodi
Sretan Bozic ou Vesele vianoce
Sawadee Pee Mai
Noeliniz Ve Yeni Yiliniz Kutlu Olsun
Srozhdestvom Kristovym
Chung Mung Giang Sinh
Cestitamo Bozic

DVTECA

Já é tradição. Tem filmes que tiro da prateleira só para assistir nessa época do ano. No Natal, esses são ‘clássicos’ aqui em casa:

A Felicidade não se compra - George Bailey (James Stewart) é jovem que sonha em crescer na vida e ajudar o mundo a ser melhor, mas se vê às voltas com alguns conflitos pessoais. Dirigido por Frank Capra. Clássico natalino absoluto.

Uma História de Natal – Uma pequena jóia que recentemente tirei do VHS e digitalizei para DVD. A Christmas Story, filme de 1983 é a história de Ralphie, um garoto que sonha em ganhar uma espingarda de chumbo. Se passa na década de 40.

Fanny & Alexander - Grande filme de Ingmar Bergman. Após uma festiva noite de Natal o pai de uma família morre. Seu filho passa a ver seu fantasma frequentemente, o que passa o ocorrer com outras pessoas quando sua mãe se casa novamente.

NATAL

Fernando Pessoa

Natal... Na província neva.

Nos lares aconchegados,

Um sentimento conserva

Os sentimentos passados.



Coração oposto ao mundo,

Como a família é verdade !

Meu pensamento é profundo,

Estou só e sonho saudade.



E como é branca de graça

A paisagem que não sei,

Vista de trás da vidraça

Do lar que nunca terei !

ACORRENTADOS

(Paulo Mendes Campos)
Quem coleciona selos para o filho do amigo; quem acorda de madrugada e estremece no desgosto de si mesmo ao lembrar que há muitos anos feriu a quem amava; quem chora no cinema ao ver o reencontro de pai e filho; quem segura sem temor uma lagartixa e lhe faz com os dedos uma carícia; quem se detém no caminho para ver melhor a flor silvestre; quem se ri das próprias rugas; quem decide aplicar-se ao estudo de uma língua morta depois de um fracasso sentimental; quem procura na cidade os traços da cidade que passou; quem se deixa tocar pelo símbolo da porta fechada; quem costura roupa para os lázaros; quem envia bonecas às filhas dos lázaros; quem diz a uma visita pouco familiar: Meu pai só gostava desta cadeira; quem manda livros aos presidiários; quem se comove ao ver passar de cabeça branca aquele ou aquela, mestre ou mestra, que foi a fera do colégio; quem escolhe na venda verdura fresca para o canário; quem se lembra todos os dias do amigo morto; quem jamais negligencia os ritos da amizade; quem guarda, se lhe deram de presente, o isqueiro que não mais funciona; quem, não tendo o hábito de beber, liga o telefone internacional no segundo uísque a fim de conversar com amigo ou amiga; quem coleciona pedras, garrafas e galhos ressequidos; quem passa mais de dez minutos a fazer mágicas para as crianças; quem guarda as cartas do noivado com uma fita; quem sabe construir uma boa fogueira; quem entra em delicado transe diante dos velhos troncos, dos musgos e dos liquens; quem procura decifrar no desenho da madeira o hieróglifo da existência; quem não se acanha de achar o pôr-do-sol uma perfeição; quem se desata em sorriso à visão de uma cascata; quem leva a sério os transatlânticos que passam; quem visita sozinho os lugares onde já foi feliz ou infeliz; quem de repente liberta os pássaros do viveiro; quem sente pena da pessoa amada e não sabe explicar o motivo; quem julga adivinhar o pensamento do cavalo; todos eles são presidiários da ternura e andarão por toda a parte acorrentados, atados aos pequenos amores da armadilha terrestre.

Texto extraído do livro "O Anjo Bêbado".

POEMA DE NATAL

Vinicius de Moraes


Para isso fomos feitos:
Para lembrar e ser lembrados
Para chorar e fazer chorar
Para enterrar os nossos mortos —
Por isso temos braços longos para os adeuses
Mãos para colher o que foi dado
Dedos para cavar a terra.
Assim será nossa vida:
Uma tarde sempre a esquecer
Uma estrela a se apagar na treva
Um caminho entre dois túmulos —
Por isso precisamos velar
Falar baixo, pisar leve, ver
A noite dormir em silêncio.
Não há muito o que dizer:
Uma canção sobre um berço
Um verso, talvez de amor
Uma prece por quem se vai —
Mas que essa hora não esqueça
E por ela os nossos corações
Se deixem, graves e simples.
Pois para isso fomos feitos:
Para a esperança no milagre
Para a participação da poesia
Para ver a face da morte —
De repente nunca mais esperaremos...
Hoje a noite é jovem; da morte, apenas
Nascemos, imensamente.

terça-feira, dezembro 23, 2008

UMAS E OUTRAS

FLANELINHAS
Leonardo Filho foi a uma formatura na semana passada no Moinho Vermelho

ESTACIONOU
O carro em frente a casa de eventos. Logo surgiu um homem de terno e gravada.

SEGURANÇA?
“Vamos tomar conta do seu carro. É 10 reais”, disse o educado homem.

SEM SABER
Leonardo pagou para não se aborrecer e foi para a festa.

ONTEM
Léo voltou a se encontrar com o homem. Desta vez, na avenida Getúlio Vargas, de dia.

O CARA
O homem estava com a roupa de flanelinha.

OU SEJA
Os flanelinhas estão mesmo profissionais.

TEATRO
No Calil Haddad, eles dão até recibo.

WALTER
O fotografo Walter Fernandes esteve em Belo Horizonte, a trabalho.

ACIDENTE
Ele estava de carona em num carro que...

CAPOTOU!!
Várias vezes numa ribanceira.

ELE
Não teve nenhum arranhão. Os colegas do carro tiveram ferimentos leves.

SUPER
Walter aproveitou a genética e retirou seus companheiros do carro.

EQUIPAMENTO
Tudo ficou intacto.

LEMBRANÇA
O equipamento fotográfico fora comprado do Henri Jr.

TRABALHO
Neste Natal vai dobrar na TV: Eu, Michele Thomaz e Oséias. Sem folga na quarta, quinta, sexta e sábado.

REVEION
Será nossa vingança. Leonardo Filho e Cleber França vão para o tronco.

ISA
Amanhã, dia 24, é aniversário da Isa Lukas, esposa do nosso cartunista.

FESTA
Passaremos por lá para dar um abraço. Isa é a grande anfitriã que conhecemos.

QUE VAI
Uma turma lá do Rio. Vai rolar um pagode legal.

CHEGADA
O ônibus chega amanhã por volta das cinco da tarde. Vai direto para casa dos Lukas.

segunda-feira, dezembro 22, 2008

PRENDAS DO LAR - CARLINHOS VERGUEIRO




Era de agulhas e rendas e doces e prendas do lar
Era feita de encomendas pro seu marido exemplar
Aí ocorreu a tragédia, uma súbita paixão
Pelo vendedor de enciclopédia
Ai quantas delicadezas, que facilidade de expressão
Pasta 007, um olhar de vulcão

Nem sequer deu adeus para os seus vizinhos e familiares
Que recolhiam pedaços do circo no chão
E já se fala pelos bares, separou
E já nem liga pros altares, quem jurou
E já explode pelos ares novo amor

Mas o que foi que aconteceu com a Leonor (bis)
Tirania, ousadia, ou foi a Janete Clair
Que fez a cabeça desta mulher.

quinta-feira, dezembro 18, 2008

PRATO DO DIA


Esse é o famoso camarão ao catupiry e gorgonzola feito pela dona Ana.
Posted by Picasa

EDIÇÃO HISTÓRICA


Essas eu prometo que não vou tomar. São da coleção histórica dos 120 anos da Brahma. Uma lata mais bonita do que a outra. Essas são para decorar o bar. Completei a coleção: são 12 latinhas.
Posted by Picasa

UMAS E OUTRAS

FELIZ NAVIDAD

O Ignácio Thomaz,de  Valencia, Espanha, escreve: “Feliz Navidad a mi leído Blog del bar do bulga; feliz navidad, y que sigamos viendonos muchisimos años”.

 

GRANADA

Kiohitita, de Granada, também colabora: “Feliz Navidad Marcelo para tí y los tuyos,que sigas igual de alegre, tocando la guitarra con los amigos. Un saludo desde Granada y que pases unas felices fiestas”

 

LITTLE ROMANCE

No video UM PEQUENO ROMANCE, um agradecimento: I LOVE this movie! And the soundtrack, of course. When I first saw it, I was convinced that the music was Vivaldi. I searched far and wide for it, until duh, I saw who actually wrote it! Great that you posted this. Brings back a lot of great memories. BEST!”

 

HERRERO

Dirceu e Regina me convidam para um happy de queimação dos ossos 2008 nesta sexta. “Um passarinho cor de rosa me contou que vc tá meio gripado, mas não aceitamos desculpas. Deixaremos uma maca e uma ambulância de plantão...”

 

E COMPLETA

Mas, creio que a tendência é vc melhorar, já que está comprovado cientificamente que a fórmula da cerveja tem efeitos benéficos.

 

ELVIO

O Rochinha manda “Valsinha” de Chico Buarque para nos sensibilizar. E consegue. Ainda mais vindo de Elvio Rocha.

 

POIS É, PRA QUÊ?

No vídeo da música do Sidney Miller, Antonio Amado termina com a polêmica sobre a autoria: “a música é so do Sidney... musica & letra,sem participação de mais ninguém...tem muitos outros "PAIS" dessa letra por ai...mas são falsos igual nota de 3 reais...só do sidney...ninguem mais,sorry!!!!”

 

MY MISTAKE

E no trabalho do Pholhas, Lapeia escreve: Muito boa!!! Só aqui no Youtube!!!”


SUCESSO

Outro visitante, Chepeproducciones, também deixou:  que buena cancion la busque durante tiempon,no sabia bien el nombre de la banda ponia flohias pholias polhias y nunca la encontraba gracias por subirla

CEMITÉRIO

A visitante do Blog, Cristina, também é igual a dono desse bar. Adora visitar cemitério. Para mim, quanto mais antigo, mais interessante é.

SOU TRICAMPEÃO

Taubatino  adorou o vídeo do tricampeonato: “Muita emoção ao rever este "jogaço"....bons tempos de um futebol arte,sem correria,cerebral e pouco físico....LINDO,LINDO,LINDO,LINDO,,,, “

 

LEI SECA 1

Gláudio visitou o bar e decretou  “Morte ao sertanejo”

 

LEI SECA 2

André foi na veia: Me perdoem os reacionários e pseudo-moralistas, mas compartilho da idéia de que o bar próximo à faculdade representa uma extensão da sala de aula.

 

FACULDADE

Durante os quatro anos que passamos no curso de Jornalismo o boteco na esquina da Faculdade Maringá foi tão importante para minha turma quanto o quadro negro e o xerox.

REUNIÕES

Impossível contar quantas vezes nos reunimos alí. Às vezes antes da aula, às vezes durante a aula, às vezes no intervalo e muitas vezes após a aula.

 

A PAUTA

Naquelas mesas discutimos matérias vistas em sala, criticamos e elogiamos professores, compartilhamos nossa revolta com relação à certas atitudes da direção da faculdade. Discutimos política e religião. Falamos sobre sonhos e dramas pessoais.

 

PROJETOS

Manifestamos nossa apreensão com relação ao que encontraríamos pela frente depois da formatura, criamos projetos de trabalho, fizemos novos amigos e pudemos conhecer melhor os colegas com quem estudávamos.

 

RESULTADO

Ninguém, absolutamente ninguém reprovou, deixou de pagar a faculdade ou não se tornou um bom profissional por culpa da cerveja no bar da esquina.

 

REACIONÁRIOS

Agora lamentavelmente surgem alguns "legisladores" que provavelmente não passaram por tudo isso e não sabem que a formação cultural e acadêmica envolve uma série de outras questões que ultrapassam os limites físicos da instituição de ensino, e tomam uma atitude inconstitucional e autoritária, digna dos tempos da ditadura, como se isso fosse resolver o problema da violencia e do vandalismo na cidade.

 

E FECHOU:

Na minha opinião esta lei é o retrato perfeito da mentalidade retrógrada e provinciana que impera no Noroeste Paranaense. Já que a moda por aqui é proibir, que tal os nobres pares criarem leis proibindo a compra de computadores superfaturados, proibindo os gastos excessivos com diárias, proibindo o excesso de cargos comissionados, proibindo que as leis sejam criadas sem que se consulte a população”

 

 

FRASE DO DIA

"Eu não me importo de vir trabalhar, mas ter de esperar 8 horas pra voltar pra casa... É foda!" 

FELIZ NATAL

segunda-feira, dezembro 08, 2008

UMAS E OUTRAS

 

SANTOS DUMMONT

O blog Espaço da Boca afirma que o pai da aviação não era gay.

 

ME LEMBRO

Que fiz uma crônica para o extinto Culturarte, de Petrópolis, cidade onde Dummont morou e construiu a casa “Encantada”

 

A ESCADA

Para entrar na casa, há um escada estranha que obriga a pessoa a sempre pisar com o pé direito antes do esquerdo.

 

OBJETIVO

Era para dar sorte.

 

TUDO BEM

Essa frescura não é indício de gay.

 

E ENTÃO...

Já havia escrito que o rapaz ia muito  pra França e não curtia muito mulheres de seios fartos em decotes generosos.

 

LOGO

Ele é o pai da viação

 

LEI SECA

Até agora não entendi essa lei seca em Maringá que proíbe a venda de bebidas alcoólicas num raio de 150 metros das faculdades

 

ENTENDO QUE

Bebuns que fazem baderna, devem ser presos.

 

 

OS MORADORES

Tem o direito de dormirem em paz

 

E QUE

Estudantes maiores de 18 anos podem ter acesso a bebidas lícitas.

 

 

OS COMERCIANTES

Não podem ir à bancarrota por causa de uma lei que surge depois do direito constituído de ter um bar perto seja lá do que for.

 

TÔ VELHO!

Na minha época da faculdade tínhamos o ‘Maria Maria’, bar de MPB na rua Farani, em Botafogo.

 

SUCURSAL

Era a continuidade de nossa sala de aula, do nosso diretório acadêmico. Os professores também iam lá.

 

NA MESA

Cerveja barata devido ao plano Cruzado que  tinha congelado tudo. Idéias subversivas, a presença de alguns reacionários, planos mirabolantes para uma revolução cultural e muito namoro.

 

LEMBRO

Que éramos do diretório acadêmico e queríamos fazer uma festa para os calouros.

 

IDÉIA

“Vamos fazer uma cervejada no pátio? “

 

ACHO QUE

A estúpida idéia partiu de minha pessoa, até então um rapaz  latino americano de vinte anos que andava com um cinto feito de barbantes e com uma camiseta do Che Guevara.

 

 

ENTÃO

A cervejada era de graça e a notícia havia se espalhado.

 

ROCK

Montamos um palco e deixamos as bandas tocarem a vontade.

 

QUEM VEIO

A calourada e uma  galera do ... Morro Dona Marta!

 

A FESTA

Tudo tranqüilo, sem brigas e sem PM

 

MORAL

Esses bebuns que fazem zona perto das universidades de Maringá deveriam ser presos pelo alto volume de consumo de música sertaneja.

 

CONCLUSÃO

Ou os tempos são outros ou a cidade é outra. 

quarta-feira, dezembro 03, 2008

CAROL ROCHA ENVIOU...


Casamento: o grande sonho feminino...

Três mulheres, uma noiva, uma casada e uma amante, decidiram fazer uma
brincadeira: seduzir seus homens usando uma capa, corpete de couro,
máscara nos olhos, botas de cano alto, pra depois dividir a
experiência entre elas.

No dia seguinte, disse a noiva:
- Quando meu namorado me viu usando o corpete de couro, botas com 12cm
de salto e máscara sobre os olhos, me olhou intensamente e disse:
Você é a mulher da minha vida, eu te amo'.
...E fizemos amor apaixonadamente.

A amante contou a sua versão:
- Encontrei meu amante no escritório, com o equipamento completo!
Quando abri a capa, ele não disse nada, me agarrou e transamos a noite toda,
na mesa, no chão, de pé, na janela, até no hall do elevador!

E aí a casada contou sua história:
- Mandei as crianças para a casa da minha mãe, dei folga pra empregada, fiz
depilação completa, as unhas, escova, passei creme no corpo inteiro, perfume
em lugares estratégicos, e caprichei: capa preta, corpete de couro, botas
com salto de 15 cm, máscara sobre os olhos e um batom vermelho que
nunca tinha usado. Pra incrementar, comprei uma calcinha de lycra
preta com um lacinho de cetim.
Ainda apagei todas as luzes da casa e deixei só velas iluminando tudo.
Meu marido chegou, me olhou de cima abaixo e disse:
- Fala aí, Batman. O que vamos jantar hoje?

segunda-feira, dezembro 01, 2008

LIVROS

Clip com a música Livros de Caetano Veloso e imagens do filme Fahrenheit 451 de François Truffaut (1966) 
Produção Bar do Bulga

quinta-feira, novembro 27, 2008

UMAS E OUTRAS


NATAL

Vamos começar a colocar nossas luzes de Natal na sacada

 

MILHARES

De lâmpadas para fazer a alegria de todos, principalmente do pessoal da Copel

 

HAMMER

Comprei recentemente três DVDs da Hammer, antológica produtora de filmes de terror da década de 60.

 

ESTILO

Os filmes são góticos, com terror sugerido e não explícito. Um charme.

 

DIGITALIZANDO

O filme ‘Marcas de uma Paixão’ (Siesta) de Mary Lambert, 1990.

 

AMANHÃ

Digitalizo ‘A Viagem do Capitão Tornado’ , d o Ettore Scola.

 

PRATICAMENTE

Pretendo passar para DVD parte do meu  acervo de VHS.

 

TINKO

Elci Nakamura comemora a “Semana Tinko” que será encerrada nesta sábado em algum bar/boteco da cidade.

BETH BACINELI

Hoje é aniversário da jornalista e ex-empresária do coco. Atualmente está radicada em Curitiba.

 

 

MAMAS & PAPAS

O vídeo do Bar do Bulga no Youtube está gerando controvérsias.

 

ESCREVERAM

‘Não existe alguém intencionado a fazer com que o grupo volte a ter sucesso. Ele foi sucesso. E hoje existem pelo menos três The Mamas and The Papas ao redor do mundo’

 

E MAIS

‘Eles cantam os sucessos do lendário grupo original e logicamente como qualquer outro artista cantam musicas de outros grupos, satisfazendo as pessoas que realmente viveu no tempo das canções originais’.

 

EMPRESÁRIO

Ele gostou do vídeo e elogiou a edição. Ficou surpreso que tudo foi feito com uma câmera de fotografia de baixa memória, 6.0 M, e editado no Movie Maker. Pediu uma cópia. 

 RAT

O TL 72 do Andye Iore é matéria da RIC/ Record na edição estadual do Paraná no Ar, hoje, a partir das 7h15.

 

O CARRO

Andye conta que o estilo Rat é deixar o carro velho mesmo, enferrujado, riscado.  Então, tá. 


MUDARAM

NA RIC, não passamos cartão para sair e entrar. Agora é o dedão digital.


HOJE

Para passar o dedão na hora certa,  torci o pé.  Por pouco não tive ‘queda do mesmo nível’, segundo o B.O. do  Siate.  

 

HIPOMÓVEL

Tava lá no boletim da Policia Rodoviária: acidente com hipomóvel.

 

O QUE É?

Hipomóvel = carroça

 

E...

Por falar em carroça, 27 de dezembro vamos acompanhar (acredite) o ‘Arrancadão de Carroças’ em Tabira.

 

FESTAS

Começaram a pipocar as festas de confraternização. A da tevê será dia 13, no Oddy Park. O pessoal de Londrina fará a confraternização com a gente.

 

METAS

Antes de 2009: emagrecer, comprar o livro do Finito Carneiro, olhar para chão e não pisar em tartarugas.

sexta-feira, novembro 21, 2008

KURIANGO

Acabei de assistir o vídeo do Kuriango no blog do Angelo Rigon. Figura importante das noites da cidade, ele tem uma rua com o nome dele no bairro Cidade Alta. Seu nome verdadeiro era Gerson Soares e foi personagem da Ruas da História da CBN. Clique aqui.

quarta-feira, novembro 19, 2008

HENRY JR

Júnior, este blogueiro e o Moacyr no dia da minha despedida de O Diário, em fevereiro de 2007 no Bar do Moacyr.


Tem circo na cidade. É o Circo do Beto Carrero. Fim de tarde, e estávamos eu e o fotógrafo Henry Jr no trailer do famoso empresário circense. Conforme eu o entrevistava, Beto Carrero fazia um sanduíche de pão francês, salaminho, queijo minas e manteiga. Tudo feito na mão, sem qualquer tipo de higiene. Eu e Júnior nos olhávamos espantados. E Carrero continuava conversando e preparando o sanduba. Quando o dito cujo ficou pronto, ele o cortou em duas partes e nos ofereceu. Não deu tempo de recusar. Além de não querer fazer desfeita, eu e Júnior provamos (e aprovamos) o sanduíche. Távamos com fome.
Na saída, dentro do carro de O Diário, Júnior resumiu aquela tarde em uma frase:

'O homem deixa a roça, mas a roça não deixa o homem'.

PS : Júnior: o que vale não é a idade com que partimos, mas a intensidade do que vivemos. E você foi intenso. Boa viagem, rapaz.

segunda-feira, novembro 17, 2008

Luzes - Leminski

Acendo a lâmpada às seis horas da tarde
Acenda a luz dos lampiões
Inflame a chama dos salões
Fogos de línguas de dragões
Vagalumes
Numa nuvem de poeira de neon
Tudo claro
Tudo claro à noite, assim que é bom
A luz
Acesa na janela lá de casa
O fogo
O foco lá no beco e um farol

Essa noite
Essa noite vai ter sol

quinta-feira, novembro 13, 2008

UMAS E OUTRAS


PERAMBULANDO

Entre bares, restaurantes e lanchonetes

 

CHURRASCARIA

Na semana passada foi naquele restaurante novo em frente  Parque do Ingá

 

ENTREI

Animado com o bom ambiente e boa comida

 

SAI

Com outra impressão devido ao problema do ‘chorinho’

 

CHOREI

Escrevendo um e-mail para os proprietários

 

E ELES

Educadamente pediram mil desculpas e me convidaram para voltar

 

ENTÃO

Perdoados

 

BAR

Fui conhecer aquele novo estabelecimento ao lado do Gato Amarelo

 

SERVIÇO

Muito bom. Cerveja Serra Malte excelente.

 

MANDIOCA

Veio dura e intragável

 

TROCAMOS

Por singelas batatas fritas

 

QUE VIERAM

Pior do que a mandioca

 

DEVOLVEMOS

Em troca de calabresas

 

RESPOSTA

A gerente pediu mil desculpas.

 

ENTÃO...

Perdoamos

 

NA QUARTA

Fomos ao Açaizeiro

 

COM PRESSA

Pedimos apenas um suco de cupuaçu

 

A ATENDENTE

Achou que estava anotando o pedido

 

TIC TAC

Dez minutos e nada

 

TIC TAC

Vinte minutos e  já com medo da chuva

 

TIC TAC

Até o manobrista foi conferir  o atraso

 

ENFIM

A atendente voltou

 

E...

Perguntou o que nós queríamos!

 

PEDIU

Mil desculpas

 

E VEIO

O cupuaçu

 

PREVIAMOS

Que seria demorado pedir o valor da conta

 

ENTREGUEI

Logo o dinheiro na mão da moça, pedindo a conta

 

E ELA

Quase devolveu o dinheiro, pois foi pra rua atender o celular!

 

E NÓS

Já estávamos rindo da nossa falta de sorte nessas andanças.

 

ACHO

Que se eu comprar um circo hoje

 

O ANÃO

Vai começar a crescer no dia seguinte.

 

O PALHAÇO

Terá crise de depressão

 

O TRAPEZISTA

Terá  medo de altura

 

E O LEÃO

Ficará banguela

 

 

 

 

 

 

LANÇAMENTO

domingo, novembro 09, 2008

FÉRIAS CONJUGAIS



Querida Mônica,

Muito obrigado pela sua linda e carinhosa carta.
Olha, acredita em mim, eu sei me cuidar, você não precisa se preocupar
comigo.
Aqui em casa está tudo na mais perfeita ordem durante sua ausência.

Enquanto você não volta, estou preparando meu próprio almoço, e me
espanta a cada dia, como está dando tudo tão certo. Já que sempre estou
na pressa, ontem decidi fazer batata frita.

Só me diz uma coisa, era preciso descascar a batata? No meio tempo eu fui
buscar uns brioches na padaria. Quando voltei o esmalte da
frigideira estava todo derretido. Nunca pensei que essa frigideira
vagabunda agüentasse tão pouco. Logo você que me dizia que o Teflon segurava qualquer coisa!

De toda forma já consegui tirar toda a fuligem da cozinha, mas o Fred, o
gato, ficou preto que nem um corvo e agora fica tossindo o dia todo.
Desde então ele sempre entra em pânico e foge quando remexo nas
panelas ou acendo o fogão. Já que pelo menos uma vez ao dia preciso de uma
refeição mais elaborada, acho que o gato nunca mais deu as caras.

E me diz uma coisa, quanto tempo precisa pra cozinhar os ovos? Eu já
deixei eles fervendo há duas horas, mas mesmo assim eles continuavam duros
que nem uma pedra. Me diz também se ainda se dá pra reaproveitar leite
queimado. Você quer que eu guarde na despensa até que você volte?

Semana passada tive um pequeno contratempo cozinhando as ervilhas, eu
peguei uma lata e decidi esquentá-la. Mas infelizmente ela explodiu
dentro do microondas.
A porta do microondas foi arremessada pra fora da cozinha e infelizmente
nossa pequena estufa de inverno agora está quebrada, a janela também. Já que a janela estava fechada (preciso fazer isso antes de começar a cozinhar
senão os bombeiros aparecem de novo), a porta do microondas levou ela junto,
tamanha foi a força.
A lata de ervilhas, por sua vez, decolou feito um foguete, atravessou o
teto e acertou a filha do seu Freitas, nosso vizinho de cima. Acho que ela passa
bem.
Já aconteceu contigo também de a louça suja criar mofo? Como é
possível isso acontecer em tão pouco tempo? Afinal, você foi embora só no
mês passado, parece que foi ontem! Aliás, atrás da pia tem de tudo
quanto é bicho, daqui a pouco vai dar pra fazer um documentário e
vender pro National Geographic. De onde saíram esses bichos cheios de
pernas? Você colocou alguma coisa que não devia ali atrás?

Bom, isso acabou dando ensejo pra eu tomar atitude e lavar a louça.
Por favor não me xinga, meu amor, mas aquele lindo jogo de pratos de
porcelana da Vovó já era. Eu realmente não contava que isso fosse
acontecer, afinal parecia tão robusto e sólido.
Bom, talvez eu também tenha exagerado ao colocar "programa completo com
centrífuga" na máquina de lavar. Aliás, a máquina de lavar também
escangalhou.
A faca de aço temperado que eu botei lá dentro danificou um pouco o
cilindro durante a centrifugação, e está presa na parede agora. Quanto ao cilindro, ele atravessou a parede de tijolos, deixando um pequeno rombo, e agora está lá jogado no jardim.

Durante o último almoço eu emporcalhei o seu tapete persa - com molho de
tomate. Você sempre me dizia que mancha de molho de tomate é
impossível de tirar. Como você é bobinha, meu amor, com um pouco de
aguarrás não tive problema algum, saiu tudinho, inclusive a cor e o
feltro do tapete.

A geladeira estava criando muito gelo, então tive que fazer um defrost
nela. Você às vezes é tão ingênua com isso, o gelo sai fácil fácil se você
raspa ele com uma espátula de pedreiro! Não sei por quê, mas agora a
geladeira aquece. De toda forma a carne ficou bem passada. O iogurte, a
água com gás e o champanhe também, explodiu tudo.

No mais, meu amor, na última quinta-feira esqueci de trancar a porta da
casa. Alguém deve ter invadido, porque estão faltando alguns objetos
de valor, inclusive aquele colar de marfim que o seu bisavô trouxe da
expedição na África no século XIX.
Mas como você sempre diz, o dinheiro não traz felicidade, e tudo é
material e efêmero.

Bem, o seu guarda-roupas também está vazio, mas acho que não devem ter
levado muita coisa, afinal sempre que saímos para jantar à noite você diz
que nunca tem nada pra vestir.

Ah, queimou a luz do porão. Quando eu quis levar comida para os
coelhos, eu derrubei a vela. Bom, como posso explicar, um dos coelhos
agora ficou sem pêlo. Sabe, até que ficou bem gozado!

Bom, por enquanto vou finalizar por aqui, mas pode deixar que amanhã eu te
conto muito mais! Espero que você relaxe bastante no SPA e curta muito o
seu descanso.

Beijos mil, com muito carinho, do seu querido Afonso que te ama muito!!!!

PS: Sua mãe, quando deu uma passadinha aqui pra ver como estavam as
coisas, sofreu um infarto. O velório foi ontem à tarde, mas eu preferi não
te contar nada para não te aborrecer à toa. Afinal, você tem que aproveitar suas férias e voltar supertranqüila do seu SPA. Beijo!

sexta-feira, novembro 07, 2008

SUGESTÃO DE PRESENTE

Bulga,

Peço licença por estar invadindo seu email. Tenho três minutos para escrevê-lo e envia-lo.

Eu poderia estar roubando, poderia estar matando. Mas preferi escrever um livro.

Como você deve saber, o natal está chegando. Essa data tão linda, tão... tão... tão capitalista. Você já comprou presente praquela pessoa que você tanto estima?

Para ter um bom natal, nada melhor que dar um bom presente a quem você ama, seus amigos, namorado(a), etc. E para um bom presente, nada melhor que um bom livro. "A esdrúxula epopéia de Pelipe e D. Leopolda" é um bom livro.

"A esdrúxula epopéia de Pelipe e D. Leopolda" = Um bom livro
um bom livro = um bom presente
um bom presente = um bom natal

Logo: "A esdrúxula epopéia de Pelipe e D. Leopolda" = um bom natal.

"A esdrúxula epopéia de Pelipe e D. Leopolda" é uma obra-prima do humor absurdo. Você vai rir, chorar, enfim, vai se emocionar com a triste (mas engraçada!) história de uma mãe e seu filho que se perdem um do outro de um modo totalmente idiota e vai rir mais ainda com suas buscas para tornar o reencontro possível. Ou não.

Custa a bagatela de R$ 15 (uma pechincha!) e você pode adquiri-lo mandando um email para mim. Daí eu te passo minha conta, você deposita e recebe o livro no conforto do seu lar. Simples, não?

Agora deixe-me ir que os três minutos já se passaram e o miojo já ficou pronto.

OBS: Aqui tem uma resenha do livro... http://www.jornalexpress.com.br/noticias/detalhes.php?id_jornal=7070&id_noticia=931

Um forte abraço,
Finito Carneiro

quinta-feira, novembro 06, 2008

MAMAS & PAPAS




Conforme o blog antecipou, teremos The Mamas And The Papas no sábado, dia 15. Será as 20h no Teatro Marista. Como não sobrou ninguém da formação original (a gatinha Michele Philips hoje é uma bonita senhora), teremos um grupo cover. No repertório eles incluíram Beatles e até temas do Hair A atual formação é a mesma que se apresentou pela última vez no Brasil no ano de 1999 e é dirigida musicalmente por John Kito tecladista da banda original desde a sua formação no ano de 1964.

Serviço
Convites antecipados e limitados *Inteira: R$60,00; *Estudante: R$30,00; *Idoso (acima de 60 anos): R$30,00. Ponto de Venda *Sushiky - (44) 3031-6766; *Bom Livro Mega Store - (44) (44) 3227-1900; *Sociedade Médica de Maringá - (44) 3262-0066; *CG Action - (44) 3025-6882 / 3224-6882. *Informações e Reservas: (44) 3222-0777.

segunda-feira, novembro 03, 2008

BLUES PARA EMMETT



Em agosto de 1955, Emmett Till, um jovem negro de 14 anos, assobiou para uma mulher branca em um mercado no Mississipi. Três dias depois, foi seqüestrado, espancado e morto com um tiro na cabeça. Os assassinos foram incriminados, mas um júri composto apenas por brancos os libertou. Este episódio, que chocou a sociedade americana, foi o ponto de partida para toda a luta moderna por direitos civis dos negros nos Estados Unidos. Na década de 70 Vinicius e Toquinho fizeram Blues para Emmett. Confira no vídeo. Produção do Bar do Bulga.

BLUES PARA EMMETT
Os assassinos de Emmett
Chegaram sem avisar
Mascando cacos de vidro
Com suas caras de cal
Os assassinos de Emmett
Entraram sem dizer nada
Com seu hálito de couro
E seus olhos de punhal

Os assassinos de Emmett
Quando o viram ajoelhado
Descarregaram-lhe em cima
O fogo de suas armas
Enquanto justificada
A mulher faz um guisado
Para esperar o marido
Que a mando seu foi vingá-la

THE PLATTERS DE NOVO !


O grupo estará se apresentando novamente em Maringá no dia 11 ou 12 de dezembro. Quem avisa é o Adriano que nos visitou no Youtube.

sexta-feira, outubro 31, 2008

CBN MARINGÁ



Para comemorar os 10 anos da CBN Maringá, eis a primeira chamada de TV da emissora em 1998. Os amigos podem tentar adivinhar quem são as figurinhas que aparecem no vídeo.

quinta-feira, outubro 30, 2008

FAHRENHEIT MORREU


Lí em O Diário e não acreditei, mas o próprio Edilson Confirmou. Fahrenheit morreu. Eis o texto publicado em O Diário, edição de ontem.

A morte do Sr. Fahrenheit

Padre Jorge foi hoje de manhã ao Prever com seus óculos redondos, cara de Francis Ford Coppola e encontrou JM no velório: "O velho Fahra se foi". "Vai se juntar ao saudoso Visconde do Ingá". "Que descansem em paz". JM tirou envelope.

Padre Jorge leu. "O cara pediu para você cantar no velório dele?". "Pode?". "Que música?". "In the rare old times". "Caceta!". Era estranho. Padre à distância observou a cara ossuda e os cabelos brancos revoltos do Sr. Fahrenheit no caixão esplêndido.

Por fim, perguntou: "Conhece a letra?". "Claro". "Onde achou?". "Youtube". "Vai cantar?". "Não sei". Padre Jorge olhou o ambiente, tinha gente estranha, velhota de quase noventa chorava. Cutucou JM: "Mulher dele?".

"Irmã mais velha". Mostrou a loirinha, cara de Jéssica Alba, pouco vulgar, mas com tudo em cima: "A gata do cara é aquela". Padre ficou de queixo caído: "Pelo papa Urbano II, mas ela tem pouco mais de vinte".

"Viagra é a revolução da hora, meu caro!". Os dois parados. Padre: "De que morreu?". "Excesso de sexo". "Não acredito". "Pois é". "Safado!". "Fala assim não: virou presunto". "Presunto safado".

Os dois destilando deselegâncias enquanto ao redor as pessoas falavam coisas nobres: "O Sr. Fahrenheit foi um grande sujeito, muito mordaz". "Uma espécie de Nelson Rodrigues. Sem exagero".

"Eu gostava da mescla de signos do cinema inseridos num bairro perdido da cidade". "Ele me fazia rir e refletir". "Há anos roubou minha namorada. O sacana. Ainda bem. Ela ficou velha e gorda". Padre Jorge disse a JM: "Não faça". "O quê?". "Cantar". JM tinha esquecido a história da música: "Por quê?". "Ninguém vai entender". "Vão achar que fiquei maluco". "Maluco é quem foi". "Claro, porra!". "E a coluna?". "Sei lá!".

Padre Jorge disse que às vezes quando vai a Nova Esperança pensa que não há jornal na América que publicou a cara de Mr. Willian Butler Yeats com tanta freqüência. "Não tinha pensado". "Coisas do velho Fahra".

A garota de Fahrenheit de luto da cabeça aos pés se aproximou de salto alto e ancas flutuantes, voz sensual como se convidasse os dois para qualquer coisa menos oração: "Vamos fechar o caixão.

Os senhores acompanham a despedida?". Padre Jorge foi e em vez do Padre Nosso ouviu: "Nossas vozes dessecadas, quando juntos sussurramos, são quietas e inexpressas como o vento na relva seca". Prudentemente ele se afastou: "Povo doido. Velório maluco". E caiu fora. JM aproveitou a deixa e saiu de fininho.

Por precaução, enfiou as mãos no bolso e com sua voz grave cantou baixinho enquanto andava: "Ring a ring a rosie, as the light declines. I remember song city in the rare old times".


Bulga, estou passando por aqui para deixar um abraço e um agradecimento. Fiz na edição de ontem a última coluna em O Diário -depois de umas cento e trinta edições - enterrando o velho Fahra, aliás com a reverente presença no Prever de Padre Jorge (que tirei daqui) e sua cara de Francis Ford Copolla. E para fechar o ciclo tenho de agradecer quem começou tudo, que foi justamente você. Que nos poucos contatos que tivemos por e-mail e telefone sempre se revelou um sujeito nota dez. Ir em frente não é tão simples, mas impossível se alguém não dá a largada. E terminar é uma questão de ciclo. Tudo que começa um dia acaba. Caso contrário, não faz sentido.

grande abraço

edilson

quarta-feira, outubro 29, 2008

THE MAMAS E THE PAPAS EM MARINGÁ

Está praticamente certo que no dia 15 de novembro haverá show do The Mamas and The Papas em Maringá. Eu e Elci Nakamura vamos cantar Califórnia Dream e Monday Monday. O The Mamas & The Papas retorna ao Brasil para uma série de apresentações. Ao longos dos anos, o grupo passou por várias formações com John Philips (falecido em 2001), autor de boa parte dos sucessos do grupo e também criador e vocalista. Pelo que descobri nos sites, em sua atual formação, estão as Mamas Crissy Faith, indicada ao Grammy como melhor vocalista de rock em 1985, e Janelle Sadler, ex-backing vocal do grupo Kansas.
Os atuais Papas são David Backer, que já se apresentou ao lado de Robert Plant, e Mark Willianson, ex-backing vocal dos cantores Elton John, Stevie Wonder, Briam Adams e Natalie Cole. Esta é a mesma formação que se apresentou pela última vez no Brasil em 1999, e é dirigida musicalmente por John Kito, tecladista da banda original. É esperar pra ver. Depois dos The Platters e Nazareth, o revival termina com papas e mamas.

terça-feira, outubro 28, 2008

NO SITIO DOS FRANÇA



A idéia partiu do Célio e do Léo e Cléber ofereceu o sítio. Foi tudo em cima da hora, e também tive que acordar cedo no domingo para ir até ao local. A turma não tava completa. Portanto, teremos que retornar ao local de forma mais organizada com todo mundo junto. O bom é que agora sabemos as coisas que devemos levar e nos organizar. Faremos uma prévia na sexta, com o jornalismo da RIC, no bar Escritório.

ACARMÔ?

Acarmô?!... Essa é de mineiro!!!



Numa estradinha, o mineiro dono de um alambique, entra na traseira de uma BMW novinha em folha.
O dono da BMW sai que é uma fera em cima do mineiro, que diz:
Carma moço tudo se resorve....
Resolve nada seu *&¨%$#!)(*+#$% !!!!'
Carma...toma uma aqui da minha fazenda...é da boa que o sinhô vai si acarmá...
O cara toma uma.
Acarmô?'
Acalmei nada!!!
Então toma mais uma...
E assim foi, depois de uma meia dúzia o mineiro:
Acarmô?
Sim, agora sim!
Intão agora nóis vamu sentá aqui i chamá a polícia pra fazê o tar di bafômetro i vê quem tá errado!

(colaboração da Carol Rocha)

sábado, outubro 25, 2008

LUKAS

MAMBEMBE


Um tributo aos artistas latino-americanos

UM QUE TENHA

Adeus?
.
Assim como ocorreu com o Som Barato, o Um Que Tenha acaba de receber uma notificação de que publicou material que viola os direitos autorais, material este que foi retirado do ar, em junho passado, a pedido de Guilherme Viotti, da gravadora Biscoito Fino. Tal como ocorreu com o Som Barato, é o prenúncio de que, de uma hora para outra, o blog será retirado do ar.
Portanto, antes que isso aconteça, faço questão de agradecer aos colaboradores do blog - foi uma viagem fascinante, tenham certeza - e a todos que nos visitam, criticam, sugerem e, enfim, amam ou odeiam o Um Que Tenha, mas estão sempre presentes. Continuamos enquanto for possível, mas, como nuvens negras se aproximam, adiantamos um caloroso abraço a todos e a gente se vê por aí.

Nota do garçon - O <span style="font-weight:bold;">UM QUE TENHA é o maior blog de resgate, divulgação e preservação da MPB.

quinta-feira, outubro 23, 2008

TAXI PRA BAHIA - HYLDON



Sabe quem visitou esse vídeo do Bar do Bulga? Ele mesmo, o próprio Hyldon. E gostou.

UMAS E OUTRAS

NOCA
Muita gente que esteve e não esteve na Casa do Noca na semana passada deixou recados por aqui.

ELVIO
Esse freqüenta o bar de qualquer ponto do planeta. Se por aqui estivesse, estaria na Casa do Noca.

ENTÃO...
Não deu pra chamar todo mundo, pois a Casa do Noca não caberia o turbilhão de amigos do Lukas e da Isa

PRÓXIMA
Será em um clube.

HAROLD LLOYD
Luiz Modesto achou maravilhoso o vídeo do gênio do cinema mudo. Confira o vídeo lá embaixo.

QUEM?
Lloyd foi o terceiro gênio do cinema mudo. Fica ao lado de Chaplin e Buster Keaton.

AMIZADE
Nossos vídeos disponíveis em http://www.youtube.com/bardobulga tem sido muito visitados. Quem esteve por lá foi a Veralucy que adorou o clip da música Jesus Numa Moto

DISSE
Adorei a sua criação visual para a música nova do Sá,Rodrix e Guarabyra-Jesus Numa Moto.Estive no show "Outra Vez Na Estrada" há um tempinho atrás, no Canecão (R.J.) e também nos camarins e ri muito com o Zé.


KAMAKAWIWO
O nosso primeiro vídeo postado, sobre o cantor Izrael Kamakawiwo, está chegando a duzentas mil visitas!

FANTASTICO
Esse vídeo é a abertura do programa de 1973. O pessoal ri da coreografia e da música do “show da vida” que fala “Sexo, sem ele o mundo não cresce”

ANDRÉIA
Outra visita no Bar do Bulga foi a da Andréia, da cidade de Poá, RS

E DIZ
Entrei no seu blog pois estava procurando a Música "um tempo que passou" do Chico. Acabei ficando...
Crônica fresquinha do amigo Dirceu Herrero diretamente para o nosso boteco!

Paciência

Cruzo a entrada do campo santo como se ela fosse uma passagem de volta ao passado. Os cemitérios devem ser os únicos lugares onde o tempo parece não ter importância. Um dia, não tive pressa e sinto saudades desta época feliz de minha vida. Passos lentos, observo a “última morada” de muitos e vou assimilando lições de vida. Um dia, os habitantes dali já tiveram pressa.

O céu nublado prenuncia chuva. Acendo as velas com dificuldade devido ao vento frio e constante da manhã. O fogo se alimenta do oxigênio. Mas, este em movimento, dificulta o trabalho de quem está disposto a velar uma alma.

Missão cumprida, sento-me no túmulo em frente e observo as velas acesas. Meus olhos variam. Ora fitam a viúva, que tira algumas pequenas sujeiras do túmulo; ora encaram com sincera emoção a foto sob a lápide, e ora miram as chamas das velas.

A cera, derretendo, se derrama sobre a vela como as lavas de um vulcão. Enquanto desce até o chão, vai perdendo a temperatura e a velocidade. Sem calor e sem energia, ela pára, deixando atrás de si desenhos, formas indefinidas.

A chama das velas queima devagar. Com calma, o que me faz pensar que isto a torna mais digna. Creio que as pessoas que não têm pressa também têm mais dignidade. É como se resistissem à filosofia da vida moderna, que condena a paciência, a reflexão e a contemplação, como se estas fossem sinônimos de improdutividade.

O tempo é mais condescendente com os pacientes. Para eles, a vida não passa tão rápida. É como se estas pessoas promovessem uma rebelião, enfrentando o tempo e não se deixando dominar por ele. Talvez sofram menos porque a natureza costuma ser mais cruel com os fracos.

Uma formiga sobe pelo túmulo, próximo das velas. Um sopro de vento muda a chama pro lado do pequeno inseto. Ele cai. Mas não morre. Caminha na direção contrária.

Aguardo a vela queimar totalmente. Uma forma de respeito à memória da alma que um dia emprestou o corpo que se encontra naquele túmulo. Uma homenagem a quem eternamente chamarei de pai.

Penso na vida. Em como mudamos com o passar dos anos. Das décadas. Eu gostava de mostrar minha independência paterna, contrariando as vontades de meu pai – invariavelmente diferentes das minhas. Já fui daqueles que não dão a mínima para cemitérios e muito menos para me barbear.

Mas, hoje, fiz a barba pensando no velho e em como ia gostar de me ver barbeado. Quanto mais o tempo passa, mais me aproximo de suas convicções. Até mesmo de suas manias. Seria uma forma de matar a saudade? De me parecer mais com ele? Ou será que estou amadurecendo?

Penso em uma última hipótese. Ela me agrada. Esta semelhança que se acentua é uma forma de nos eternizar. De enfrentar e de respeitar o tempo. De dizer a ele: você passou, mas nós continuaremos para sempre, em nossos gestos, em nossos rituais. Sem pressa.

A espera, acompanhada de ação, é uma virtude.

Sábado, 19 de outubro de 2008

HAROLD LLOYD - INESQUECIVEL

domingo, outubro 19, 2008

VIDEO DA CASA DO NOCA !!!



Lukas e Isa; Roberto de Paula e Simone Labegalini; Bulgarelli e Aninha; Dio e Vania; Claudio Viola; Josi Costa Costa e Elenir Maria e Walter Fernandes. Foi muito bom.

NA CASA DO NOCA

CASA DO LUKAS 18.10.98


Album de fotos da Casa do Noca.Lukas e Isa; Roberto de Paula e Simone Labegalini; Bulgarelli e Aninha; Dio e Vania; Claudio Viola; Josi Costa Costa e Elenir Maria e Walter Fernandes.
Daqui a pouco estará disponível o vídeo com os melhores momentos do encontro