sexta-feira, dezembro 22, 2017

PIORES CAPAS DA HISTORIA (Natal)







Distâncias

O automóvel ia tossindo. E aos trambolhões, empilhados dentro do automóvel, viajavam
alguns músicos. Estavam indo alegrar uma reunião de camponeses, mas já fazia um bom tempo
que andavam perdidos pelos caminhos ferventes de Santiago del Estero.
Os desorientados não tinham a quem perguntar. Não havia ninguém, não sobrava ninguém
naqueles desertos que tinham sido bosques.
E de repente apareceu, numa nuvem de poeira, uma menina de bicicleta.
Falta quanto? – perguntaram a ela.
E ela disse:
Falta menos.
E foi-se embora na poeira.

EDUARDO GALEANO,

A arte de Arthur Rackham

Sequencia de "A Christmas Carol" - pelo ilustrador Arthur Rackham (Londres, 19 de setembro de 1867 – Surrey, 6 de setembro de 1939).
 Suas primeiras ilustrações foram publicadas em 1883. Desde então até sua morte, em 1939, seria conhecido por ilustrar inúmeros livros.
Em 1903 casou-se com Edyth Starkie, com quem teve uma filha, Barbara, em 1908. Rackham ganhou a medalha de ouro na Exibição Internacional de Milão, em 1906, e outra na Exposição Internacional de Barcelona, em 1911.
 Seus trabalhos foram incluídos em numerosas exibições, incluindo a do Louvre em Paris, em 1914. Rackham morreu de câncer em 1939, em sua casa situada no pequeno vilarejo de Limpsfield, Surrey.r Rackham (1915) .
Entre seus trabalhos mais conhecidos figuram livros infantis como os Contos dos irmãos Grim (1900), Rip van Winkle (1905), Peter Pan (1906) e Alice no país das maravilhas (1907), entre outros. Rackham também realizou ilustrações para livros para o público adulto, como Sonho de uma noite de verão (1908), Undine (1909), contos de Edgar Allan Poe e o texto da ópera de Richard Wagner O Anel do Nibelungo (1910).