sexta-feira, maio 05, 2017

RIP Almir Guineto

Em julho de 1997, o robô Sojouner ‘despertava’ em Marte para mais um dia de trabalho ao som de um samba: "Você vale ouro/todo o meu tesouro (...) Agradeço a Deus porque lhe fez/Ô coisinha tão bonitinha do pai". A escolha foi feita pela brasileira Jacqueline Lyra, engenheira aeroespacial responsável pelo controle de temperatura do robô e da nave Pathfinder, que  levou o robô ao planeta Marte.  A versão marciana de ‘Coisinha do Pai" era interpretada por Elba Ramalho e Jair Rodrigues. O samba é de autoria de Jorge Aragão, Almir Guineto e Luís Carlos, e tem sua interpretação mais conhecida pela cantora Beth Carvalho.
Almir Guineto, feliz da vida ao saber da noticia, chamou os parceiros Arlindo Cruz, Sombrinha e Mazinho Xerife para comemorar : O meu canto ecoou 

por todo universo,
até em Marte o meu samba fez sucesso.” E permanecerá ecoando. 

 Jacqueline Lyra, engenheira aeroespacial responsável pelo controle de temperatura do robô e da nave Pathfinder

Nenhum comentário :