sábado, maio 06, 2017

A tragédia do Hindenburg

Em 6 de maio de 1937 ao preparar-se para aportar no campo de pouso da base naval de Lakehurst em Nova Jersey, nos Estados Unidos, o gigantesco dirigível Hindenburg contava com 97 ocupantes a bordo, sendo 36 passageiros e 61 tripulantes, vindos da Alemanha.
 Durante as manobras de pouso, às 19 horas e 30 minutos, um incêndio tomou conta da aeronave e o saldo foi de 13 passageiros e 22 tripulantes mortos e um técnico em solo, no total de 36 pessoas.
 Sendo o gás hidrogênio, usado para mantê-lo no ar, altamente inflamável, esse foi inicialmente responsabilizado pelo enorme incêndio que tomou conta da aeronave e durou exatos 30 segundos. 
Na foto, o Hindenburg passando perto do Empire State Building em 1936.
Hollywood deu sua versão em 1975, na onda do “cinema catástrofe”. No elenco: Anne Bancroft e George C. Scott. Nesse caso, acidente teria sido provocado por uma bomba. O filme levou o Oscar de efeitos especiais. Foi um prêmio injusto: boa parte da produção aproveitou imagens da tragédia real.






Nenhum comentário :