quinta-feira, maio 26, 2016

Flávio Cavalcanti

Flávio Antônio Barbosa Nogueira Cavalcanti (Rio de Janeiro15 de janeirode 1923 — São Paulo26 de maio de 1986)


Nossos comerciais, por favor!". Esse era um dos bordões de Flávio Barbosa Cavalcanti, um dos apresentadores mais populares da televisão nas décadas de 70 e 80.

Começou em 1957 na extinta TV Tupi do Rio de Janeiro. Na década de 60, ficou famoso por ter entrevistado Jonh Kennedy na Casa Branca e também fez a barba do perigoso Tenório Cavalcanti.

Na década seguinte, ficou famoso ao mostrar reportgens sensacionalistas , sempre com gestos teatrais.

Mesmo simpático ao regime militar, foi alvo da ditadura quando em março de 73 entrevistou um mineiro que havia emprestado a mulher a outro homem. O programa foi suspenso por 60 dias.

Mesmo conservador, também protegeu em sua casa, em Petrópolis, a atriz Leila Diniz, outro alvo da censura.

Será lembrado por quadros como Um Instante, Maestro que revelava talentos da MPB.

Morreu aos 63 anos quando apresentava seu programa no SBT.

No video abaixo, um perfil dessa figura polêmica.


Nenhum comentário :