sexta-feira, maio 27, 2016

O Corvo de Roger Corman

Título: Roger Corman faz clássico com pouco
Data: 07/Ago/96
Autor: Edson Franco
Editoria: Ilustrada


Um orçamento apertado, oito atores e três semanas de filmagens. Isso foi tudo o que o diretor e produtor Roger Corman precisou para fazer "O Corvo", clássico baseado no poema homônimo de Edgar Allan Poe.
Corman deixa as cenas chegarem ao limite do horror e, quando o susto parece inevitável, ele apresenta uma situação absurda, surpreendente, engraçadíssima. A única decorrência maléfica da produção barata (menos de US$ 100 mil) foi um certo ranço teatral que permeia a fita.
Mesmo com poucas câmeras, cenários limitados e pouca gente em cena, Corman conseguiu um encadeamento de situações que não permitem ao espectador desgrudar os olhos da tela nem por um minuto sequer.
Levando-se em consideração os recursos limitados da época (1963), os efeitos especiais dispersos pelo filme impressionam.
Essa criatividade nos efeitos chegou ao paroxismo em um duelo de vida e morte entre Vincent Price e Boris Karloff. Quem ver essa sequência jamais esquecerá.
Adiantar qualquer outro aspecto do roteiro seria um desserviço ao filme. Boa parte da sua força está naquilo que a trama tem de absolutamente imprevisível.
O elenco
Vincent Price é o mágico Erasmus Craven, craque na arte de produzir encantamentos apenas com gestos. Com o semblante carregado, consegue acelerar os batimentos cardíacos da platéia com o abrir de uma porta. Mas, quando quer, arranca gargalhadas.
Peter Lorre é o mágico alcoólatra dr. Bedlo. Simplesmente hilariante, ele consegue ser mais engraçado sóbrio do que bêbado.
O vídeo traz Boris Karloff, que já havia participado da primeira versão desse filme, em 1935. Naquela ocasião ele era vítima dos ataques de Bela Lugosi. É um vilão temido, obscuro e, acredite, simpático.
Por fim, há Jack Nicholson na pele do filho do dr. Bedlo. Um tanto ofuscado pelos medalhões com quem contracenou, ele já mostrava sua força interpretativa única. Essa foi a terceira dobradinha de Nicholson e Corman. Antes eles haviam filmado "The Cry Baby Killer" (1958, sua estréia no cinema) e "A Pequena Loja de Horrores" (1960).
Vídeo: "O Corvo"
Direção: Roger Corman
Elenco: Vincent Price, Peter Lorre, Boris Karloff e Jack Nicholson


 Copyright © 1994-1999 Empresa Folha da Manhã S/A

Nenhum comentário :