quinta-feira, agosto 03, 2017

Apaixonados

Essa história começou quando os deuses, com inveja da paixão humana, castigaram Zin Nu,
a tecelã, e seu amante de nome esquecido. Os deuses cortaram seu abraço, que havia feito um de
dois, e os condenaram à solidão. Desde então, eles vivem separados pela Via Láctea, o grande
rio celeste, que proíbe seu passo.
Mas uma vez por ano, e durante uma única noite, a sétima noite da sétima Lua, os
desencontrados podem se encontrar.
As gralhas ajudam. Unindo suas asas, elas estendem uma ponte na noite do encontro.
As tecelãs, as bordadeiras e as costureiras da China inteira rogam para que não chova.
Se não chover, a tecelã Zin Nu se lança em seu caminho. A roupa que veste, e que logo
desvestirá, é obra da maestria de suas mãos.
Mas se chover, as gralhas não aparecem, no céu não há ponte que una os desunidos e na
terra não há festa que celebre as artes do amor e da agulha.

(Eduardo Galeano em "O Filho dos Dias")


Nenhum comentário :