domingo, julho 30, 2017

A Casa da Morte

O decreto municipal expedido em 2012, que viabiliza a desapropriação do imóvel conhecido como Casa da Morte, em Petrópolis RJ, expira no próximo dia 23 de agosto. O local usado pelo Exército durante o período da ditadura deveria ser transformado em um centro de memória e pesquisa. No entanto, a falta de verbas pode pausar a realização do projeto. Faltam R$ 600 mil para a estruturação do imóvel, a ser transformado em um “Centro de Memória, Verdade e Justiça de Petrópolis”. 
A casa funcionou como Centro de Informações do Exército durante o período da ditadura militar, onde foram torturadas e assassinadas pelo menos 22 pessoas – dadas como desaparecidas. 
A informação da existência de centros clandestinos de prisão e tortura só foi possível devido a denúncia de Inês Etienne Romeu, única sobrevivente da casa, onde esteve encarcerada por três meses durante o ano de 1971.
A Casa da Morte foi criada para eliminar opositores do regime, como dirigentes e organizações, tais como: Ação Libertadora Nacional (ALN), Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) e Vanguarda Armada Revolucionária Palmares (VAR-Palmares).  (Via 
 Blog do Eduardo Ferreira

A casa esta  localizada no bairro Caxambu 

Nenhum comentário :