domingo, junho 14, 2015

Charles Bukowski


“Quando já se está quase sem alma e se tem consciência disso, é porque ainda se existe.”

Nenhum comentário :