domingo, junho 12, 2016

Cicciolina




Marcelo Bulgarelli

( Publicado em O Diário do Norte do Paraná - Maringá - 2004)

Quem diria. Aquela moça mal comportada, hoje está com 54 anos. A cinquentona Ilona Staler, famosa na década de 80 como Cicciolina, ainda tenta ganhar a vida no mundo pornô.

O auge da carreira foi aos 36 anos quando se popularizou em filmes de sexo explícito. Chegou a ‘contracenar’ com Jonh Holmes, o ator todo poderoso e bem dotado do universo pornô.

Cicciolina, em italiano, quer dizer “gracinha’, ‘amorzinho’. Em 1987, o ‘amorzinho’ obteve 20 mil votos pelo Partido Radical e acabou no Parlamento Italiano. Além de votos, ganhou muitos apertões. Ilona Staller é húngara. Nasceu em Budapeste, em 1951. A família dela era abastada. Portanto, sempre comeu o que quis. Mimada, abandonou o curso de medicina para se dedicar a carreira de modelo.

Casou com um italiano em 1976, mas o rapaz não agüentou o apelido de ‘alce” e pulou fora. Nessa altura, Cicciolina mantinha um programa na Radio Luna conhecido como ‘falatório pornô’. Curiosamente, se dizia católica.

Famosa, passou para filmes eróticos. Não foi o suficiente e mergulhou no sexo explícito. Rainha do marketing, em 1990 ela se ofereceu para ‘fazer amor’ com Saddam Hussein a fim de evitar a Guerra do Golfo. Recentemente, voltou a se oferecer como ‘salvadora das pátrias’ na Guerra do Iraque.

Os anos 90 não foram lá grande coisa para a musa pornô. Um tanto decadente, veio ao Brasil tentar salvar o Ibope das novelas eróticas da TV Manchete. A emissora afundou.

Nenhum comentário :