sexta-feira, junho 14, 2013

Humberto Werneck

Noite muito proveitosa com o escritor e jornalista Humberto Werneck



O escritor Humberto Werneck esteve no dia 12 de junho no SESC Maringá para uma\conversa informal sobre jornalismo e cronica. Werneck, um dos maiores conhecedores e praticantes desse grande gênero literário “menor”, tão querido pelos leitores brasileiros. Por que a crônica se estabeleceu tão firmemente no Brasil? O que a caracteriza e o que vem mudando nela com a passagem das décadas? Quais suas origens, seus maiores nomes, seus representantes contemporâneos? E os jornais, estão dando à crônica o espaço merecido? O que faz de um alguém um ótimo cronista?
Werneck nasceu em Belo Horizonte (MG), em 1945. Mudou-se para São Paulo (SP) em 1970. Escritor, biógrafo e cronista, é autor de livros como Esse inferno vai acabar, O espalhador de passarinhos, O Pai dos burros, O Santo Sujo - A Vida de Jaime Ovalle, O destino da rapaziada e Pequenos Fantasmas. Jornalista, começou Carreira no Suplemento Literário de Minas Gerais. Depois, passou pelas redações de Veja, Jornal da República, IstoÉ, jornal do Brasil, Elle e Playboy, e foi correspondente do Jornal da tarde em Paris. Atualmente, publica crônicas no Estado de S. Paulo e no site Vida Breve.

Nenhum comentário :