quinta-feira, janeiro 31, 2013

Paperman


A Disney acabou de disponibilizar online a curta-metragem Paperman, a representante das curtas-metragens em animação  para o Oscar 2013..
Tem apenas seis minutos. Um verdadeiro poema  do realizador John Kahrs

quarta-feira, janeiro 30, 2013

Petrópolis de Antigamente



 Do e-mail de Célio Flores Júnior, amigo de infância, reproduzo as antigas fotos.
Ate então desconhecia  o texto original. São  do blog petropolisnoseculoxx.zip.net. Porém, como
recebi por e-mail, ficava difícil saber. A intenção era promover a cidade (vide comentários abaixo).
Obrigado pela colaboração de todos.    

Foto
Piscina aquecida do hotel Quitandinha

Foto

A Luzitana, do pai do Isaías e do Zeca. Onde comprávamos tirinhas plastificadas para
fazermos chaveirinhos trançados em formato de ferradura

Photo
A Musical, do Benjamin Carneiro Malta, onde antes funcionou a Casa D. Pedro. Hoje shopping Quartier

Photo

Cantina Umberto, a melhor pizza de Petrópolis

Photo
Interior da Casa Dângelo

 Photo
Casa D.Pedro, onde se trocavam tampinhas de Coca-Cola por bonequinhos da Disney. Mais tarde o ponto foi ocupado pela Musical

Photo
Casa Copacabana. Seu Pacheco, pai do Renato "Português, Grecchi e Ronaldo, era um dos sócios.
hoje shopping Copacabana

Photo
Sapataria Messa, do seu José, pai do Dorinho e do Zé

Photo
Alfaiataria De Carolis, de propriedade do avô do Andrezinho

Photo
Casa Sloper. hoje banco Itau onde era o Unibanco

Photo
A Matriz, loja dos Abi Daud

Photo
Feira Livre, na av. XV de Novembro. hoje churrascaria Falconi

Photo
Prédio que foi ocupado nos anos 60 pelo Colégio Werneck. Hoje shopping Santo Antonio

Photo
Outra sede do Colégio Werneck ( Rua Marechal Deodoro) Hoje edifício Werneck

Photo
As antigas vitórias, com rodas de madeira e aros de metal

Photo
Inauguração do Obelisco - 1957

 Photo
Esquina da Pça. da Igreja do Rosário. Propaganda da antiga Padaria América

 Photo

Vista tomada do Colégio Estadual Washington Luiz/Colégio D. Pedro (CENIP), tomada do prédio dos Correios

Photo
Outra foto do Colégio Estadual/D.Pedro

Photo
Antigo Bosque do Imperador, local das desavenças estudantis. Atras do CENIP

 Photo
Palácio imperial, quando foi ocupado pelo Colégio São Vicente. Só mais tarde é que foi transformado em museu.

 Photo
Prédio dos Correios e Telégrafos. À esquerda um ônibus "International" da Viação Cascatinha e, à direita, Casa Pellegrini que hoje é o edifício Pelegrini

Photo
Padaria das famílias (r. Marechal Deodoro) e a carroça de entrega de pães. Hoje papelaria Iris

Photo
Padaria Sul América, firme até hoje

Photo
Câmara Municipal, ainda sem o Liceu Municipal ao fundo.

Photo
Chegada dos sinos da Catedral, transportados pela Líder Materiais de Construção

Photo
Museu Imperial, nosso maior orgulho

Photo

Saída de trem, vista da rua Souza Franco (onde é a Feira Livre)

Photo
Boate "Barquinho", dos amigos Hivano, Derly e Faris( em frente à WERNER)

Photo
Enchente em frente ao antigo forum. Vergonha que perdura até hoje.

Photo
O abandonado Belvedere.

Photo

Antiga garagem de bondes, hoje ocupada pelas empresas Única e Fácil

sábado, janeiro 26, 2013

LISTA DE BOTAFOGUENSES FAMOSOS


FONTE - Recanto das Letras


Agnaldo Timóteo (cantor)
Antonio Adolfo (pianista)
Beth Carvalho (cantora)
Bororó (compositor)
Chico Cesar (cantor & compositor)
Clara Nunes (cantora)- FALECIDA
Dadi Gomes (baixista, ex-Novos Baianos, Gil, etc)
Ed Mota (cantor)
Eduardo Dusek (cantor)
Emilinha Borba
Emílio Santiago (cantor)
João Braga (Pianista, ex-miquinhos amestrados, jazzista)
Léo Gandelmann (saxofonista)
Luis Carlos Vinhas (Fera do Bossa Nova)- FALECIDO
Marcos Valle (cantor e compositor)
Marina Lima (cantora)
Marisa Monte (cantora)
Mauro Senise (músico)
Miltinho (cantor, do grupo MPB-4)
Mateus Ambra ( Ambrosio Mateus Allegretti ) Multimídia
Nara Leão (cantora)FALECIDA
Nelson Meirelles (Baixista e Produtor entre outros do Cidade Negra, O Rappa)
Paulo Zandowsky (Guitarrista e Produtor)
Radamés Gnatalli (maestro)
Renatinho Partideiro, ou do Cacique de Ramos (Sambista)
Ronnie Von (cantor)
Ruy Maurity
Sidney Magal (cantor)
Torquato Neto

Veônica Sabino.(cantora)
Victor Biglione (guitarrista de jazz)
Vinicius Cantuária
Wagner Tiso (maestro e compositor)
Wanderley Cardoso (cantor)
Walter Alfaiate (sambista)
Zeca Pagodinho (cantor e compositor)
Adriana Esteves (atriz)
Agildo Ribeiro (Comediante)
Bebel Diegues (roteirista e atriz, filha de Cacá e Nara Leão)
Bianca Castanho (atriz)
Cacá Diegues (cineasta e ex-marido de Nara Leão)
Carla Camurati (atriz)
Carlos Imperial (ator)- FALECIDO
Carol Jabor ( roteirista e cineasta, filha de Arnaldo Jabor)
Carol Machado (atriz)
Cassia Kiss (atriz)
Cássia Linhares (atriz)
Cláudia Alencar (atriz)
Claudia Ohana (atriz)
Cláudio Marzo (ator)
Daniele Winnits (atriz)
Dedé Santana (comediante)
Dira Paes (atriz)
Edson Celulari (ator)
Fafy Siqueira (atriz e comediante)
Flávia Alessandra (atriz)
Francisco Cuoco (ator)
Francisco Milani (comediante)
Glauber Rocha (diretor)
Glória Menezes (atriz)
Guilherme Karan (ator)
Helio de La Pena (comedianteCasseta e Planeta)
Hubert (comedianteCasseta e Planeta)
Humberto Martins (ator)
Jose Mayer (ator)
Leonardo Vieira (ator)
Luciana Coutinho (atriz)
Luciano Szafir (ator)
Lucio Mauro (comediante)-
Luiz Fernando Guimarães (ator)
Luka Ribeiro (ator)
Maitê Proença (atriz)
Marcelo Antony (ator)
Mario Frias (ator)
Márvio Lúcio (comedianteRedeTV)
Max Lopes (Carnavalesco)
Murilo Benício (ator)
Nana Gouveia (modelo)
Nivea Maria (atriz)
Otavio Augusto (ator)
Pablo Uranga (ator e diretor)
Patrick de Oliveira (ator)
Paulo Betti (ator)
Regina Casé (atriz)
Regis Cardoso (diretor)
Reinaldo (comediante - Casseta e Planeta)
Rita Cadilac (dançarina)
Rosamaria Murtinho (atriz)
Rosane Svartmann (diretora de "Como ser solteiro no Rio")
Samara Felippo (atriz)
Serginho Hondjaekff (ator)
Stephan Necerssian (ator)
Suzane Carvalho (atriz)
Tamara Taxmam (atriz)
Thierry Figueira (ator)
Walter Salles (diretor de cinema)
Zacarias (comediante)- FALECIDO


Adilson Rodrigues Pires
Augusto Frederico Schmidt (poeta)- FALECIDO
Carlos Eduardo Novaes
Carlos Heitor Cony
Clarice Lispector (poetisa)- FALECIDA
Edgar Carlos de Amorim
Fernando Sabino (Escritor)- FALECIDO
Franklin Delano
Gláucia Carvalho Santoro
José Carlos Barbosa Moreira
Luis Fernando Veríssimo
Olavo Bilac (poeta)- FALECIDO
Otto Lara Rezende (Poeta)- FALECIDO
Paulo Dourado de Gusmão
Paulo Mendes Campos (Poeta)- FALECIDO
Sérgio Augusto (escritor)
Tavinho Paes (Poeta e letrista)
Vinicius de Moraes (Poeta e Ex-Diplomata)- FALECIDO
POLÍTICOS & HOMENS PÚBLICOS
--------------------------------------------------------------------------------

Alfredo Nascimento
Amazonino Mendes
Antonio Carlos Biscaia
Amazonino Mendes
Benedita da Silva
Cesar Maia
Ciro Gomes
Cristovam Buarque
Ernesto Geisel - FALECIDO
Evandro Lins e Silva - FALECIDO
Gilberto Mestrinho
Gilmar Machado
Hélio Luz
João Lyra Filho- FALECIDO
João Pedro Figueira
José Eduardo Dutra
Juscelino Kubicheck - FALECIDO
Luiz Alberto Carijó
Luís Aranha - FALECIDO
Luiz Henrique
Marcelo Allencar
Marcelo Crivella
Marcos Tamoio
Marcondes Gadelha
Moreira Franco
Nelson Carneiro - FALECIDO
Nilton Cerqueira
Pedro Celso
Renan Calheiros
Roberto Jefferson
Rodrigo Maia
Rodrigo Rollemberg
San Thiago Dantas
Saturnino Braga
Técio Lins e Silva
Thiago Ribas
IMPRENSA
--------------------------------------------------------------------------------

Adriano Ferreira (Rádio Tropical AM 830)
Alberto Martins (Super Rádio Brasil AM 940)
Alvacir José (Rádio Grande Rio AM 1560)
Amaro Neto (Radio Espírito Santo)
Amaury pereira (reporter)
Ana Flores (Rádio Globo AM 1220)
André Luiz (Rádio Globo AM 1220)
Antônio Arruda (Jornal O Globo)
Antônio Filho (Rádio RDC AM 1480)
Antônio Jorge (Super Rádio Brasil AM 940)
Antonio Luiz (comunicador da Radio Globo) - FALECIDO
Armando Nogueira (Sportv)
Arthur Dapieve (Jornal O Globo)
Augusto Mello Pinto (jornalista)
Beto Brito (Rádio Globo)
Bruno Volosch (SPORTV)
Carla Vilhena (TV Globo)
Carlos Eduardo (Rádio Livre AM 1440)
Cesar Leite Seabra (Jornal Lance!)
Cid Moreira (TV Globo)
Cláudio Mello e Souza (jornalista)
Cláudio Neves (Rádio Manchete AM 760)
Clóvis Filho (radialista)
Clovis Monteiro (Super Rádio Tupi AM 1280)
Cris Couto (TV Globo)
Dárcio Campagnoli (Reporter e Comentarista)
Eraldo Leite (Rádio Globo AM 1220)
Evaldo José (Rádio CBN AM 860 e FM 92,5)
Fausto Wolf (jornalista)
Felipe Santos (TV Esporte Interativo)
Fernando Vanucci (Rede TV)
José Ferreira Alves Neto
Ferreira Neto (Narrador e apresentador de tv)
Francisco Barbosa (Rádio Globo AM 1220)
Freitas Neto (Rádio Grande Rio AM 1560)
Garcia Junior (Rádio Livre AM 1440)
Geraldo Borges (radialista)
Geraldo Canalli (TV Bandeirantes)
Geraldo Escobar (jornalista)
Geraldo Romualdo da Silva (jornalista)
Hamilton Rodrigues (Super Rádio Brasil AM 940)
Haroldo Habib (Rádio Bandeirantes AM 1360)
Isabella Escalabrini (TV Globo)
J.Oliveira (reporter da Rede Sim Sat - Rádio)
João Ferreira (Rádio Record/SP AM 1000)
João Saldanha (ex-radialista)FALECIDO
Jorge Iggor (TV Esporte Interativo)
Jorge Reis ( Comentarista e ex-goleiro do fogão na década de 50)
Jorge Zahal (Rádio Transamérica FM 101,3)
José Antonio Gerheim (Jornal dos Sports)
Joseval Peixoto, advogado e jornalista de São Paulo,locutor da rádio Jovem Pan de São Paulo e âncora de jornal da RedeTV.
Léo Batista (TV Globo)
Lopes maravilha (Rádio OI FM 102,9)
Lúcio Rangel (escritor e jornalista)
Luis Carlos Silva (Rádio Globo)
Luis Penido (Rádio Tupi)
Luiz Carlos Silva (Rádio Bandeirantes AM 1360)
Luiz Mendes (Rádio Globo AM 1220)
Luiz Penido (Super Rádio Tupi AM 1280)
Luiz Roberto (TV Globo)
Maneco Müller (Jacinto de Thorme, jornalista e colunista social)
Marcio Guedes (Jornal O Dia)
Marcos Tinoco (Rádio Tupi)
Mauricio Menezes (Radialista)
Maurício Moreira (Super Rádio Brasil AM 940)
Mauricio Torres (Rede Record)
Mauro Leão (Nova Rádio Friburgo AM 660)
Oldemario Toguinhó (Jornal do Brasil)- FALECIDO
Otávio Name (jornalista)
Paulo Barbosa (jornalista)
Paulo César Vasconcellos (SPORTV)
Paulo Francis (jornalista)- FALECIDO
Paulo Herique (Rádio Ativa FM)
Paulo Sérgio (Comentarista de tv e ex- goleiro do fogão anos 80)
Renato Ferreira (Rádio Tropical AM 830)
Ricardo Baresi (Vestiário Alvinegro)
Roberto Porto (Jornalista)
Roberto Silva (Rádio Tropical AM 830)
Roby Porto (SPORTV)
Rogério Almeida (Rádio Grande Rio AM 1560)
Rui Fernando (reporter esportivo)
Sandro Moreira (Jornalista)- FALECIDO
Salomé Pedracine (Diretora de jornalismorádio)
Sebastião Pereira (reporter esportivo)
Sérgio Maurício (SPORTV)
Sidnei Silva (Rádio Grande Rio AM 1560)
Thiago Mello (Rádio Haroldo de Andrade AM 1060)
Tony Vendramini (reporter Radio Tupy)
Van Damme (Rádio Globo AM 1220)
Volpi (ESPN Brasil)
Wagner Luiz (Rádio Grande Rio AM 1560)
Wagner Montes (TV Bandeirantes)
Waldir Luiz (Rádio Manchete AM 760)
Waldyr Amaral (ex-locutor da Rádio Globo)- FALECIDO
Washington Rope (Jornal dos Sports)
Zuenir Ventura (Jornal O Globo)
ESPORTES
--------------------------------------------------------------------------------

Bernadinho (técnico da Sel. Masc. de Volei)
Candinho (técnico consagrado em SP)
Carlos Augusto Montenegro (presidente do Ibope, ex-Presidente do Botafogo)
Fiolo (recordista mundial de natação)
Guilherme (Volei)
Neném Prancha (Filósofo do Futebol) - FALECIDO
Isabel (vôlei)
J. Ricardo (jockey)
Lídio Toledo (médico da Seleção Brasileira de 1970 e do Botafogo)
Paulo Sérgio (goleiro)
Pepê (surfista) - FALECIDO
Pedro Soares (Superintendente da Federação de Futebol do ES)
Sandra (vôlei)
Valdyr Espinosa (tecnico)
SOCIALITES & PERSONALIDADES
--------------------------------------------------------------------------------

Adalgisa Colombo (ex-miss Botafogo e Brasil)
Carlos Machado ( o rei da noite dos anos 30-50)
Didu Souza Campos ( socialite carioca)
Elena Landau (economista)
Fernando Bicudo (ex-diretor do Teatro Municipal)
Guilherme Zingoni (diretor comercial da Editora Forense)
Gustavo Franco (ex-Presidente do Banco Central)
Hans Donner (TV Globo)
Osvaldo Sargenteli (empresário da Noite) - FALECIDO
Paulo Bittencourt (dono do finado Correio da Manhã)
Pedro Buarque de Hollanda (um dos donos da Conspiração Filmes)
OUTRAS ÁREAS
--------------------------------------------------------------------------------

OSCAR NIEMEYER (Maior arquiteto latino-americano)
Oswaldo Cruz (o Pai da Medicina no Brasil) - FALECIDO
Russão (Torcida Folgada)
Sonja Martinelli(torcedora símbolo de 1989)
Tarzan (Torcida Organizada) - FALECIDO



 ATLETAS


TORCEDORES QUE VESTIRAM A CAMISA LITERALMENTE
--------------------------------------------------------------------------------

Adalberto (1957)
Afonsinho (1970)
Alemão (1982)
Almeida Sodré (1904)
André Lima (2007)
Bebeto de Freitas (presidente do clube)
Carlito Rocha (1917)
Carlos Alberto (1989)
Carlos Roberto (1975)
Carvalho Leite (1932)
Didi - FALECIDO
Djair (1990)
Donizetti (jogador)
Eurico Viveiros de Castro (1904)
Ferreti (1972)
Gotardo (ex-jogador)
Guilherme (Volei)
Heleno de Freitas - FALECIDO
Helinho (1980)
Jaime Canali (1932)
Jairzinho (1968)
Jorge Luiz (1997)
Luizinho Rangel (1970)
Mané Garrincha - FALECIDO
Manga (1962)
Maninho (1942)
Marinho Chagas (1975)
Maurício (1989)
Mauro Galvão (1989)
Mendonça (1980)
Mimi Sodré (1910)
Narcízio (1995)
Neilvaldo (1958)
Nilo Murtinho (1932)
Nilson Dias (1975)
Nilton Santos (1962)
Pamplona (1932)
Paraguaio (1948)
Paulinho Criciúma (1989)
Paulino de Souza (1906)
Paulo Cesar Caju (1968)
Paulo Sérgio (1981)
Paulo Valentim (1957)
Quarentinha - FALECIDO
Roberto Miranda (1968)
Rodolfo Fischer (1972)
Sandro (2003)
Sartori (ex-craque da Seleção Brasileira de basquete, campeão pelo Botafogo em 1991)
Sérgio Manuel (1995)
Thomé (1957)
Túlio (2007)
Vagner (goleiro)
Valdyr Espinosa (tecnico)
Wagner (1995)
Zequinha (ex-jogador)

sexta-feira, janeiro 25, 2013

Tom & Jerry


Achei hoje uma reliquia da animação: TOM & JERRY. Esqueça o gato e o rato. São historias de dois caras numa produção da década de 30.

Um se chama Tom... o outro se chama Jerry. Você conhece? Conhecidos como o "Tom e Jerry dos estúdios Van Bueren", estes dois personagens da década de 30 são anteriores aos famosos gato e rato, criados por Joseph Hanna e William Barbera, os quais surgiriam somente em 1940 no desenho Puss Gets the Boot, no qual o gato atende pelo nome de Jasper

quarta-feira, janeiro 23, 2013

SETE LUAS - Arnaud Rodrigues - Chico Anísio



SETE LUAS
Em sete lua, no cair do dia Acende as vela para Ave Maria (Ave Maria, Ave Maria)
Em sete lua, quando o sol esfria Acende a praça para ver Maria (hum ver Maria, hum ver Maria)
E Maria era morena, pele jambo e reluzia Todo homem que a via esquecia da Novena
E fazia sua cena, só pra ver se ela sorria E Maria percebia, e Maria não falava, e Maria sonhava
 Era uma vez um cavalo dourado, que galopava no vento
Ele montado num Príncipe Encantado maior que o seu pensamento
Que galopava livre, que galopava livre, que galopava livre
Era uma vez um cavalo dourado, que galopava no vento
 Ele montado num Príncipe Encantado maior que o seu pensamento
 Que galopava livre, que galopava livre, que galopava livre
 Em sete lua, no cair do dia Acende as vela para Ave Maria (Ave Maria, Ave Maria)
 Em sete lua, quando o sol esfria Acende a praça para ver
Maria (hum ver Maria, hum ver Maria)
Era uma vez um cavalo dourado, que galopava no vento
Ele montado num Príncipe Encantado maior que o seu pensamento
Que galopava livre, que galopava livre, que galopava livre
Era uma vez um cavalo dourado, que galopava no vento
Ele montado num Príncipe Encantado maior que o seu pensamento
Que galopava livre, que galopava livre, que galopava livre
Era uma vez um cavalo dourado, que galopava no vento
Ele montado num Príncipe Encantado…

segunda-feira, janeiro 21, 2013

Andye Iore

A cultura em Maringá não seria a mesma sem a participação
de Andye Iore que faz aniversário hoje. Zines, rock independente,
cine trash  e outras coisas. E o resto que digam, que pensem e
que falem. Parabéns! 

domingo, janeiro 20, 2013

RIP Walmor Chagas 1930-2013



O ator Walmor Chagas, de 82 anos, foi encontrado morto na chácara onde vivia na cidade de Guaratinguetá, no interior de São Paulo, na tarde desta sexta-feira (18). As circunstâncias da morte ainda serão investigadas, mas a polícia disse acreditar que pode ter sido suicídio.

Luiz de Carvalho

Esse sabe tudo e um pouco mais. Hoje  é aniversário do reporter regional
do Diário do Norte do Paraná. Saravá Luiz de Carvalho ! 

sábado, janeiro 19, 2013

Edgar Allan Poe







Edgar Allan Poe
born 19 January 1809, died 7 October 1849

Conhecido por seus contos de horror, foi um dos primeiros a tentar construir uma carreira apenas com seu ofício de escritor. Edgar Allan Poe era extremamente interessado em psicologia e usava o que aprendia sobre o assunto como substrato para suas obras.

Acontece que ele tinha um inimigo chamado Rufus Griswold, de quem o Poe gostava de falar mal, seja por escrito ou verbalmente. Então, após a morte de Poe, Griswold decidiu escrever um obituário venenoso sobre seu rival, contando a respeito de como as pessoas simplesmente deixavam passar batida a sua proeminente loucura.

Depois disso, as pessoas passaram a conjecturar que Edgar Allan Poe tinha distúrbio bipolar. O próprio Poe já havia escrito uma carta contando que já experimentava pensamentos suicidas. Um fato curioso é que toda uma saga sobre uma suposta viagem de balão já havia sido publicada como notícia e, no final, descobriu-se que era uma farsa.



O CORVO
tradução de Rubens Francisco Lucchetti
ilustrações de Nico Rosso

Certa vez, à hora lúgubre da meia-noite, eu meditava, fraco, fatigado, quase adormecido, sobre muitos volumes interessantes e valiosos. De repente, ouvi ligeiro ruído, de uma doutrina agora morta, como de alguém batendo, de leve, à porta do meu quarto. "É alguma visita", murmurei eu, "e nada mais".

Estávamos em dezembro, bem me lembro. As achas meio queimadas desenhavam no solo o reflexo da sua agonia.
Eu desejava ardentemente a manhã! Eu não pedia aos livros o esquecimento das minhas mágoas… Pensava sempre nela, na minha Leonora perdida, na mulher rara e deslumbrante que os anjos chamam ainda Leonora e que os homens não chamarão nunca mais!

O vago sussurro dos reposteiros ondulantes enchiam-me de um terror fantástico e melancólico. Para acalmar a agitação que me assustava, levantei-me repetindo: "É, alguém que bate à porta, alguma visita tardia, que solicita a entrada do meu quarto; sim é isso, e nada mais". Então senti o espírito um pouco fortalecido, e sem hesitar falei assim:

– Senhor ou senhora, tende a bondade de perdoar-me. Estava meio adormecido e batesteis tão devagarinho que apenas tenho a consciência de vos ter ouvido.
Assim dizendo, escancarei a porta, mas só vi trevas e nada mais!

E a perscrutá-las profundamente, fiquei muito tempo cheio de espanto, de receio e de dúvida, tendo sonhos que mortal algum jamais ousou sonhar; mas nada perturbou o silêncio e a imobilidade das trevas, senão um nome proferido por mim: "Leonora!" e o eco, murmurando, repetia a palavra "Leonora!". Apenas isto e nada mais!

Tornando a entrar no quarto, com a alma em fogo, ouvi um ruído um tanto mais forte que o primeiro. "Com certeza, o que ouço agora é a gelosia da janela: vou ver o que ali há e apurar que mistério é este. Provavelmente, é o vento, e nada mais!"
Abri então a janela, e um corvo majestoso, digno dos antigos tempos, entrou pelo quarto adentro, com um bater de asas tumultuoso. Sem me fazer uma simples cortesia, adiantou-se com a imponência de um "lord" ou de uma "lady" e empoleirou-se num busto de Palas, colocado justamente por cima da porta do meu quarto.
A gravidade do seu aspecto e a severidade da sua fisionomia fizeram sorrir a minha triste imaginação:

– Embora tua cabeça, - disse-lhe eu, - não tenha popa nem cimeira, não és por certo um pássaro ordinário. Dize-me, pois qual é o teu título de nobreza nas regiões plutônicas da noite?
O corvo disse:
– Nunca mais!

Fiquei maravilhado ao ouvir aquela ave desgraciosa volátil compreender assim a palavra, posto que a sua resposta não tivesse grande senso, nem respondesse de modo algum à minha pergunta, porque é preciso confessar que nunca foi dado a um homem vivo, ver, por cima da porta do seu quarto, um pássaro, um bicho, sôbre um busto esculpido, com semelhante nome: "Nunca mais!".

Mas o corvo, solitariamente empoleirado no busto plácido, não proferiu aquela palavra única, como se nela toda a sua alma se espargisse. Então murmurei em voz baixa:
– Todos os amigos me têm deixado: amanhã também este me fugirá, assim como todos os outros me fugiram, assim como voaram as minhas esperanças!
E o pássaro tornou a dizer:
– Nunca mais!
Ao ouvir aquela resposta tão a propósito, estremeci.
– Provavelmente, - disse eu comigo mesmo, - não sabe senão esta palavra. Isto ele aprendeu com algum mestre infortunado, a quem a ímpia desgraça perseguiu sem tréguas, e cujos cantares acabaram por não ter senão aquêle melancólico estribilho, espécie de "De profundis" de todas as suas esperanças - nunca mais!

Mas o corvo induzindo ainda a minha alma triste a sorrir, puxei a cadeira para defronte dele, do busto e da porta, e comecei a ligar idéia com idéia, procurando adivinhar o que aquela ave agoureira de outros tempos, o que aquele triste, desengraçado, sinistro, magro e agoureiro pássaro de outrora, queria dizer com o seu "Nunca mais!".
Assim me detive um tempo, sonhando, meditando, porém sem mais dirigir a palavra ao pássaro, cujo olhar ardente me abrasava até o íntimo do coração. Eu procurava adivinhar o estribilho do corvo e muitas coisas mais, com a cabeça encostada ao espaldar da cadeira; esse espaldar macio de veludo violeta, onde a cabeça dela se recostava outrora!… onde não se recostará nunca mais!

Então pareceu-me que o ar se tornava mais espesso, perfumado por um turíbulo invisível, balouçado por serafins, cujos passos deslizaram pelo tapete do quarto.
– Desgraçado! - exclamei eu. - Deus, pelos seus anjos, manda-te tréguas e nepentes contra as saudades de Leonora! Bebe, oh! bebe este bom depentes e esquece Leonora, perdida para sempre!
E o corvo tornou a dizer:
– Nunca mais!

– Profeta! ser de desgraça pássaro ou demônio, contudo profeta! quer sejas mensageiro do Tentador, ou simples náufrago, lançado pela tempestade a esta terra deserta e enfeitiçada, a este lar de miséria e de horror, dize-me sinceramente - suplico-te! - é verdade que existe um bálsamo da Judéia? oh! dize-me, dize-me por piedade!
O corvo respondeu:
– Nunca mais!

– Profeta! ser de desgraça! pássaro ou demônio, contudo profeta! Pelo céu que nos cobre, pelo Deus que ambos adoramos, dize-me se esta alma, esmagada pela dor, poderá um dia, no paraíso longínquo, abraçar uma donzela santa, preciosa e deslumbrante, a quem os anjos chamam Leonora?
O corvo disse:
– Nunca mais!

– Seja mas tuas palavras o sinal da nossa separação, pássaro ou demônio! - exclamei eu, pondo-me em pé. - Volta à tempestade e às costas da noite plutônica! Não deixes aqui nem uma só das tuas penas negras, em memória da mentira que acabas de proferir. Não violes por mais tempo a minha solidão. Tira-te de minha porta, arranca o teu bico do meu coração e precipita o teu aspecto para bem longe dêste quarto!
O corvo disse:
– Nunca mais!

E, imutável, continua sempre empoleirado no pálido busto de Palas, por cima da porta do meu quarto. Os meus olhos, com um brilho demoníaco, parecem pensativos; a luz da minha lâmpada projeta a sua sombra sobre o solo, e além do círculo desta sombra, a minha alma não poderá elevar-se nunca mais!


Nico Rosso (Turim, Itália 1910-1981 São Paulo/SP, Brasil) foi um dos maiores artistas de quadrinhos  
do Brasil, especializando-se no gênero horror.
:
Edgar Allan PoeThe Raven Illustrations by Gustave Dore