sexta-feira, março 31, 2017

Milton Nascimento - Benke


Happy Diane Jergens !

Hoje é aniversário de Diane Jergens (nascida em 31de março de 1935 em Minneapolis, Minnesota, EUA). Foi atriz de TV e participou do seriado Família Adams. Acaba de completar 82 aninhos.

Rolando Boldrin


Happy Lara Wendel!

Lara Wendel (nascida com Daniela Barnes em 29 de março de1965)  é uma atriz alemã com grande atuação no cinema italiano. Na década de 80, trabalhou  com Dario Argento (Tenebrae, 1982), Lamberto Bava (Midnight Killer, 1986), Joe D'Amato (Killing Birds, 1988), e Umberto Lenzi (Ghosthouse, 1988)  e muito outros. Também   foi dirigida por Michelangelo Antonioni  em"Identification of a Woman (1982)"  e Federico Fellini em  Intervista (1987).


Ecos from The Plague of the Zombies (1966)


tumblr_ohkknbxnrg1tr6ni8o1_500.gif


tumblr_ohkknbxnrg1tr6ni8o3_500.gif


tumblr_ohkknbxnrg1tr6ni8o2_500.gif



The Plague of the Zombies (1966)

Ecos from Don’t Look Now (dir. Nicolas Roeg, 1973)

Inverno de Sangue em Veneza - um clássico

tumblr_olzg6asFkA1tmefq7o1_500.jpg




tumblr_olzg6asFkA1tmefq7o3_500.jpg




tumblr_olzg6asFkA1tmefq7o4_500.jpg




tumblr_olzg6asFkA1tmefq7o5_500.jpg




tumblr_olzg6asFkA1tmefq7o2_500.jpg




Don’t Look Now (dir. Nicolas Roeg, 1973)

Sergio Leone


Phantom of the Paradise

Brian de Palma e William Finley em Fantasma do Paraíso - ‘Phantom of the Paradise’, 1974. Photo de Allan Tannenbaum

O Brasão da Família Bulgarelli


quinta-feira, março 30, 2017

Petrópolis - 2011

                               Quando você é convidado a desvirar um automóvel (Petrópolis - 2011)

As fichas "T" das videolocadoras

O marcado de home video já passou por diversas fasers até à recente extinção. No início dos anos 80, os filmes VHS não ficavam nas prateleiras. O cliente os escolhia por meio de fichas técnicas plastificadas em forma de "T".Algumas vinham junto com a fita original, mas a maioria era criada pelos proprietários das videolocadoras. Essas fitas não eram chamadas de "piratas", mas de "alternativas". Ir à uma videolocadora era uma deliciosa aventura.
Fichas "T" do filme "Querelle". São de nosso acervo. 

Visconde de Mauá 2011

Detalhe de uma loja na bucólica Vila Maringá, em Visconde de Mauá, Rio de Janeiro, 29 de dezembro de 2011.

Colégio São Jose 2010

Colégio São José  em Petrópolis. Estudei nesse colégio entre 1970 a 1983 (do jardim
de infância ao Vestibular). Em 2010, fiz esse passeio.

Expoingá 2009

Lançamento da Exposição Agropecuária de Maringá 2009.
Com Amanda Freitas, Salsicha, Elias Gomes, Ana Lucia Neves e eu.

Ecos from Carnival of Souls 1962


tumblr_olc6pv53gw1re3gzzo1_400.gif




tumblr_olc6pv53gw1re3gzzo2_400.gif




tumblr_olc6pv53gw1re3gzzo3_400.gif




tumblr_olc6pv53gw1re3gzzo7_400.gif




tumblr_olc6pv53gw1re3gzzo4_400.gif




tumblr_olc6pv53gw1re3gzzo5_400.gif




tumblr_olc6pv53gw1re3gzzo6_400.gif




tumblr_olc6pv53gw1re3gzzo9_400.gif




tumblr_olc6pv53gw1re3gzzo8_400.gif




tumblr_olc6pv53gw1re3gzzo10_400.gif



“She escaped death. Now it wants her back!”

Happy Dana Gillespie !

Dana Gillespie ( Richenda Antoinette de Winterstein Gillespie em 30 de março de 1949) é uma atriz, cantora e compositora inglesa Participou de mais de 45 álbuns,e apareceu em produções de teatro (Jesus Cristo Superstar) e vários filmes. Compôs folk, pop, rock e blues.
No cinema, esteve em The Vengeance of She (1968) de  Cliff Owen e produzido pela Hammer.






Dana Gillespie - The People That Time Forgot (1977)

quarta-feira, março 29, 2017

Drácula de verdade passava sangue no pão

Título: Drácula de verdade passava sangue no pão
Data: 11/Ago/97
Autor: Federico Mengozzi
Folha de São Paulo

Príncipe romeno que inspirou Bram Stoker empalava mulheres e crianças e virou herói nacional
Drácula de verdade passava sangue no pão

Ele mandava empalar mulheres e crianças de 1 e 2 anos de idade, obrigava suas vítimas a atos de canibalismo, esfolava os prisioneiros e os enterrava vivos, fazia suas refeições e até brindava entre os cadáveres. Segundo alguns, embebia o pão no sangue dos moribundos, quando não o bebia numa taça.
Esse amor de pessoa atendia pelo nome de Vlad, chamado Tepes (o Empalador) ou Drácula (filho de dragão ou do diabo). Era príncipe e foi o modelo para que Bram Stoker criasse Drácula -mais tarde, inspirou o ditador Nicolau Ceaucescu, que aprontou 1.001 malvadezas e fez da Romênia seu quintal.
Vlad Tepes, ou Drácula, era filho de Vlad 2º, príncipe da Valáquia, e nasceu em 1431, na cidade de Sighisoara, norte da Romênia. A casa onde nasceu ainda existe, foi asilo de velhos e abriga um restaurante. Curiosamente, Vlad, o Empalador, teve um irmão por parte de pai, Vlad, o Monge, que se dedicou à religião.
Count Dracula (Jess Franco - 1970) 

A Valáquia ocupa a região sul da Romênia, e a Transilvânia, a centro-norte. Por séculos, foram interligadas, ora unidas, ora independentes, sob influência húngara ou turca. É nesse jogo de forças que pai e filho exercem o poder.
Vingança
Quando Vlad Tepes, ou Drácula, tinha 11 anos, Vlad 2º foi aprisionado pelo sultão turco Murad 2º, que duvidava de sua lealdade. Para provar a lealdade, que na verdade não existia, o príncipe deixou os filhos Vlad e Radu como reféns e salvou a pele. As crianças ficaram em poder dos turcos por seis anos.
Christopher Lee “Dracula Has Risen From the Grave”, 1968 

Drácula faria da vingança uma razão de viver. "Ele também desenvolveu uma reputação como trapaceiro, manhoso, insubordinado e brutal, inspirando medo aos próprios guardas", afirmam Raymond T. Mcnally e Radu Florescu no livro "Em Busca de Drácula e Outros Vampiros".
Fugiu dos turcos em 1448, um ano depois do assassinato do pai. Ocupou o trono da Valáquia por dois meses, mas a situação era instável. Os príncipes Danesti chegaram ao poder, e Drácula ficou sem rumo. Reapareceu na Transilvânia e pediu clemência a Hunyadi.
Hunyadi defendia a cristandade contra os infiéis turcos e precisava de um candidato confiável ao trono da Valáquia -os príncipes Danesti adotavam posições pró-turcas. Drácula ocupou pela segunda vez o trono entre 1456 e 1462.
Dracula Has Risen from the Grave” (Hammer-1968), C. Lee, B. Ewing

Então, havia o temor de que os turcos -em 1453, tinham conquistado Constantinopla- quisessem tomar a Transilvânia. Com o poder, revela-se a crueldade de Drácula, para a qual confluem fatos reais ou nem tanto. Crueldade que deve ser entendida, não justificada, na luta contra os turcos.
Drácula foi educado na fé cristã e, para ele, qualquer meio justificava o fim de defender as fronteiras nacionais e cristãs. É considerado um herói nacional na Romênia e, em 1976, por ocasião do quinto centenário da sua morte, foi homenageado em todo o país -houve até um selo comemorativo ilustrado com seu retrato.
As histórias de sua crueldade são infinitas e se confundem com a cultura popular. Certa vez, à frente de 20 mil homens, devastou a Transilvânia e empalou 10 mil ex-companheiros, sob a alegação de que concorriam deslealmente com mercadores valáquios.
(FM)

domingo, março 26, 2017

A parteira Hygina

Eis um dado curioso. É sobre minha bisavó, por parte de pai. O artigo abaixo escrito pelo imprescindível Joaquim Eloy dos Santos fala da parteira Hygina.

Segunda metade do século 19
Cidade: Cataguases, MG
Vivia o casal Antonio Alves de Souza
                      e Claudina Martha de Souza (meus tataravós)
Filha única; Hygina (Minha bisavó)
O casal era dono de fazenda e panificação.
Hygina casou-se com o português João Teixeira Bastos (meu bisavô).
Bastos morreu aos 40 anos.
Teve 12 filhos com Hygina (cinco morreram na epidemia de Gripe Espanhola)
Com problemas financeiros, ela se desfez dos bens após a morte do marido.
Veio pra Petrópolis em 1921 e os filhos foram trabalhar como empregados na
Fábrica Cometa e na Santa Helena.
Hygina  virou parteira famosa.
Uma de suas filhas, Dinorah (minha avó) casou-se com Domingos Bulgarelli (meu avô).
Hygina morreu em 1958 aos 65 anos de idade.





Nova paisagem na janela

A paisagem da janela mudou muito em 20 anos (Jd Novo Horizonte, Maringá- 1997 -2017)


A Reverência do Rei

Cheguei a estudar essa foto na faculdade. O nome dela é "
A Reverência do Rei " .Autor: Manoel Motta, 1973, Estádio do Morumbi SP