terça-feira, maio 28, 2013

Caso Araceli

Há 40 anos, Araceli Cabrera Crespo, 8 anos, foi assassinada em Vitória (ES). Foi drogada, estuprada, mutilada e seu corpo recebeu uma dose de ácido para dificultar a identificação. Ninguém tinha coragem de investigar o caso que envolvia as famílias mais poderosas do Espírito Santo; dentre elas, estavam os Micheline e os Helal, ambas com ligações no governo (político e jurídico). Desde então, foram 14 testemunhas mortas. Os suspeitos nunca foram condenados. A data 18 de maio, dia em que desapareceu, foi escolhida para celebrar o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
Na internet, há uma petiçao pedindo mudança no nome da avenida "Dante Micheline" para "Araceli Cabrera".

segunda-feira, maio 27, 2013

Christopher Lee

Sir Christopher Frank Carandini Lee, CBE, (Londres, 27 de maio de 1922 )ficou conhecido mundialmente interpretando o Conde Drácula, personagem que encarnou por diversas vezes pelos estúdios da britânica Hammer Film Productions. Atuou também em 2 filmes da trilogia O Senhor dos Anéis, interpretando o personagem Saruman. Aqui, uma matéria sobre o ator publicada na revista Ele & Ela (Ed Manchete) em
dezembro de 1986.






domingo, maio 19, 2013

O Circo Garcia

Há 10 anos, o mundo perdia do Circo Garcia. Foram 75 anos de atividades no Brasil. O ultimo espetáculo ocorreu no dia 29 de dezembro de 2003. "Mesmo com tudo o que estou passando, viveria isso em outras dez vidas", diz uma das donas do Garcia, Carola Boets, ém entrevista ao Estado De São Paulo. O circo acumulava dívidas e queda drástica de público. No auge, chegou a ter 380 artistas e funcionários. Me lembro do Garcia em Petrópolis. Eu devia ter uns onze anos. "Passará anos e você não vai ver um circo como esse", disse Marcos, meu irmão mais velho. Gente como Carlos Drummond de Andrade, Ziraldo e Xuxa já estiveram nos camarotes e arquibancadas. O circo chegou a ser o quarto maior do mundo. O apresentador Arisvaldo Rabelo, o Ari, na última apresentação, fechada para o público, não disse adeus, mas se despediu dizendo: "até o próximo espetáculo."






Em um muro de Montevideu

"O patriotismo é um egoismo em massa"
(escrito em um muro de Montevidéu, Uruguai)

Da série As Piores Capas da História


Campanha

Sensacional campanha conscientizando pessoas em um bar da importância de não dirigir depois de beber e incentivando o uso de taxis. Foram colados imãs nas bolachas de chopp e e no fundo dos copos, dessa maneira, quando a pessoa fosse colocar o copo em cima da bolacha, ela se afastaria do copo quando estivessem com os polos iguais, mostrando a frase “Se beber não dirija” e quando os polos fossem invertidos, apareceria a frase “Se beber vá de taxi. Confira!

Ilusão

De quem é o braço? 

Maringá - Dallas

Em 19 de maio de 1999, a revista Veja trazia uma reportagem que comparava Maringá (PR) com a cidade norte-americana Dallas. Nem todos os maringaenses gostaram da exagerada (e sem sentido)comparação.



quinta-feira, maio 16, 2013

Dia das Mães

Se sua mãe conta a mesma história, não é esquecimento, é orgulho de viver. Se sua mãe conta a mesma história, não é que ela está velha, é que você ainda não entendeu a mensagem. Se sua mãe conta a mesma história, não custa ouvir de novo. Afinal, quando criança você sempre pedia para ela repetir a leitura dos livros. Não vou oferecer um par de brincos para minha mãe, vou oferecer meu par de ouvidos.

 ( Fabrício Carpinejar )

Por que Lollo virou Milkbar?


bons tempos...

Carro Zero Km da RIC (Rede Record Maringá). Até que um dia o pauteiro inventou de fazer uma matéria bem rural. Pobre do carro, da reporter Michele Thomaz e do cinegrafista Diones Cesar Pereira

Obrigado!

Quero agradecer as dezenas de mensagens pelo meu aniversário. Queria poder agradecer individualmente cada uma delas. Como fica dificil, agradeço com João Nogueira e Paulo Cesar Pinheiro. Beijos e abraços em todos! Obrigado! 
Quando eu canto
É para aliviar meu pranto
E o pranto de quem já
Tanto sofreu
Quando eu canto
Estou sentindo a luz de um santo
Estou ajoelhando
Aos pés de Deus
Canto para anunciar o dia
Canto para amenizar a noite
Canto pra denunciar o açoite
Canto também contra a tirania
Canto porque numa melodia
Acendo no coração do povo
A esperança de um mundo novo
E a luta para se viver em paz!

Do poder da criação
Sou continuação
E quero agradecer
Foi ouvida minha súplica
Mensageiro sou da música
O meu canto é uma missão
Tem força de oração
E eu cumpro o meu dever
Aos que vivem a chorar
Eu vivo pra cantar
E canto pra viver

Quando eu canto, a morte me percorre
E eu solto um canto da garganta
Que a cigarra quando canta morre
E a madeira quando morre, canta!



terça-feira, maio 07, 2013

Ray Harryhausen (June 29, 1920 – May 7, 2013)

- Pioneiro dos efeitos visuais em Hollywood, Ray Harryhausen, que durante 40 anos deu vida a monstros e criaturas mitológicas em filmes como a versão original de "Fúria de titãs", morreu nesta terça aos 92 anos. A notícia foi confirmada pela família em comunicado.

"A influência de Ray sobre os cineastas atuais foi enorme: Steven Spielberg, James Cameron, Peter Jackson, George Lucas, John Landis e Nick Park citaram Harryhausen como o homem cujo trabalhou inspirou suas próprias criações", dizia a mensagem.

Harryhausen usou uma meticulosa técnica de animação em stop-motion para criar sozinho os efeitos visuais de 16 filmes lançados entre as décadas de 1950 e 1980, incluindo a série "Sinbad", "Jasão e os argonautas" e "As viagens de Gulliver".

Em 1992, ele recebeu um Oscar especial pelo conjunto de sua obra. "Alguns dizem que 'Cidadão Kane' é o maior filme de todos os tempos. Outros dizem que é 'Casablanca'", disse Tom Hanks ao apresentar a condecoração. "Para mim, o melhor filmes já feito é 'Jasão e os Argonautas'". Baseado na mitologia grega, o longa de 1963 traz cenas de esqueletos de espada em punho lutando contra guerreiros humanos, uma estátua colossal que ganha vida e uma serpente de sete cabeças.

Harryhausen foi o responsável por idealizar, modelar e filmar muitos desses momentos memoráveis da história do cinema. A maior parte de seus filmes, alguns feitos em parceria com o produtor Charles Schneer, tiveram baixo orçamento. Foi ele quem aperfeiçoou a técnica do stop-motion.
Ray Harryhausen, Forrest J Ackerman, and Ray Bradbury.

Sou fã do trabalho artesanal desse cara. Um gênio. Destaco Furia de Titàs (original de 1979), os filmes de Simbad e muitos outros. Ele conseguia dar espaço para a fantasia, criando figuras mitológicas de efeito psicológico incrível. Foi tão importante para a historia dos efeitos especiais que o nome dele aparece na frente do diretor e dos artistas principais. Ele é a verdadeira mitologia do cinema.







Ray Harryhausen
(June 29, 1920 – May 7, 2013)


Abaixo, a crítica publicada no Jornal do Brasil  em 13 de julho de 1981 quando o filme
Fúria de Titãs estreou no Rio de Janeiro. Um dos textos é de José Carlos Avellar, um dos melhores
críticos de cinema da imprensa brasileira.




gifsploitation: Thanks, Ray. :