sábado, março 30, 2013

Cerveja Russa

Cuidado com o nome dessa cerveja. Ela é russa e tem com 8% de graduação alcoólica. Pra não sair por aí falando besteira, a pronuncia correta é “áksóta”

Fonte: All Beers

domingo, março 24, 2013

ECOS DE HORROR OF FRANKENSTEIN - 1970





O Jovem Victor Frankenstein retorna da Universidade de Medicina disposto a colocar em prática seu projeto mais ambicioso: criar uma nova vida a partir de pedaços de corpos de pessoas já mortas. Sua obsessão em dar vida a uma criatura perfeita leva-o a cometer um assassinato e sua criação resulta num monstro vingativo e insatisfeito com sua condição aterradora. Uma das mais fiéis e assustadoras adaptações da obra de Mary Shelley, recheada de cenas fortíssimas e humor negro.









Directed by Jimmy Sangster


Produced by Jimmy Sangster

Written by Jimmy Sangster
Jeremy Burnham (screenplay)
Mary Shelley (characters)

Starring
Ralph Bates
Kate O'Mara
Veronica Carlson
David Prowse



























Cine Neon






















shaw


quarta-feira, março 20, 2013

Retrô - THUNDERBIRDS




THUNDERBIRDS
25/09/2005
Quem está faixa dos 40 deve se lembrar daquelas séries de aventuras protagonizadas por marionetes. Os personagens criados por Gerry Anderson viraram uma febre. Diariamente, a TV Tupi exibia um episódio de Joe 90, Capitão Escarlate e, principalmente, Thunderbirds. Eram as aventuras da família Tracy e seus fantásticos foguetes.
A turma era liderada pelo patriarca, o ex-astronauta Jeff Tracy. Ele comandava os cinco filhos e ainda contava com a agente Lady Penélope. Formavam a equipe do Resgate Internacional, uma organização secreta baseada em uma ilha. Realizava missões na terra, no ar, no mar e até no espaço. Melhor ainda, são os roteiros. Ação inteligente e sem exageros.
Mas os saudosistas têm o que comemorar. A MGM/Fox está lançando uma caixa dedicada à série, originalmente exibida entre 1965 e 66. De quebra, dois longas: Thunderbirds em Ação e Thunderbird 6'.
Em DVD, as cores e os cuidados cenográficos ganharam uma nova dimensão. Aliás, o trabalho é quase artesanal, a começar pelos bonecos que mediam 45 centímetros.
O DVD tem comentários do diretor, da produtora Sylvia Anderson, detalhes da produção e galeria de fotos animada. O preço que não é nada saudosista. A caixinha custa R$ 70, em média.

RIP Emílio Santiago




Roberto Menescal, músico: "Sempre falei isso: ele é a voz do Brasil. Que me desculpem meus amigos grandes cantores como Milton e Caetano, mas o Emilio era o meu cantor. E era uma figura adorada pelos colegas artistas. Porque o cara pode ser um tremendo cantor, mas ser um chato. Emílio não, era venerado. Lembro da Nana Caymmi gritando num show dele: 'Imprescindível!' Os elogios eram sempre neste nível. Sempre achei ele o máximo, tanto que convidei para fazer o projeto 'Aquarela brasileira'. De começo ele não estava muito animado, mas deu no que deu: fizemos sete, vendeu 6 milhões de discos, mudou a vida dele. Daí em diante ele nunca mais parou a fazer show. Acho que o última música que ele gravou foi minha, 'Amanhecendo', num disco que estamos gravando com a orquestra de jazz Animateia, com participação dele e e da Leny. Era um cara muito sozinho, morava sozinho, não pode ser medicado imediatamente, o que prejudicou a situação".

Ricardo Cravo Albim, pesquisador musical: "A única voz que se compara a do Emílio é a de Dick Farney. Além de grande cantor, foi um grande vendedor de discos. Descobriu uma fórmula que argamassou a carreira dele como crooner. Isso fez dele um grande diferencial na indústria fonográfica.
Tínhamos uma convivência muito íntima. Emílio foi forjado num meio singular, do night crooner, que convive muito com as outras pessoas. Por isso fez tantos amigos e se tornou uma pessoa tão querida no meio".

José Milton, produtor musical: "Tivemos uma grande amizade na música, era como um irmão para mim. Trabalhamos juntos em vários discos, inclusive neste último trabalho, o disco "Só danço samba", em homenagem ao Ed Lincoln. Depois teve desdobramento no CD e no DVD "Só danço samba ao vivo". Ele ficou muito feliz com o Grammy conquistado com esse trabalho. Era uma voz reconhecida no mundo todo, respeitada pelos críticos e pelo grande público. Há muitos anos não aparecem cantores no nível dele".
Ed Motta, músico, pelo Facebook: Não posso me conformar com o que a vida fez hoje, levar o Emilio Santiago daqui... Emilio o maior cantor desse país e um colega sempre generoso, atencioso. No reino dos céus ele sempre esteve, uma voz daquela não é do mundo terreno. Tive a mesma sensação de quando papai do céu levou o também jovem Spinetta, e por alguns segundos pensar : isso não é verdade, isso tem que ter um jeito...A sensação de perda é abrangente, como nos filmes de Guerra Nas Estrelas, sente-se uma queda na "força" um gigante adormeceu. Toda minha admiração e respeito mestre".
Daniela Mercury, pelo Twitter: "A música brasileira acorda em descompasso com a perda de Emílio Santiago. Fica a lembrança da sua bela voz e repertório inesquecível!"
Padre Fábio de Melo, via Twitter: "Emílio Santiago, um dos maiores talentos da nossa MPB. Vai fazer falta por aqui".
Gloria Perez, dramaturga: "Triste demais com a morte do #emiliosantiago".
Astrid Fontenelle, apresentadora, pelo Twitter: "Acordo com a noticia da morte do cantor Emílio Santiago. Triste. Tinha um plano de estreitar a amizade. Seu canto era foda! RIP meu negão!"
Ritchie, músico, pelo Twitter: "RIP Emílio Santiago, (nosso Lou Rawls). Grande voz, gente fina".
Lucas Lima, músico, pelo Twitter: "Putz, mais um dos f**** se foi... Emílio Santiago era um BAITA dum intérprete de samba, baita perda."
Aguinaldo Silva, dramaturgo, pelo Twitter: "Morreu Emílio Santiago, o último cantor de verdade do Brasil. Cantoras temos muitas, compositores também. Mas cantores... Ele era o único".
Gabriel Chalita, deputado federal: "Morreu Emílio Santiago. Um cantor fantástico".
Rafael Vannucci, cantor e empresário, pelo Twitter: "Emilio Santiago, uma das maiores vozes da musica popular brasileira! Vá com deus!! Descanse em paz!".

Rita Hayworth em um dia de fúria.



.
: