sexta-feira, dezembro 31, 2010

Receita de ano novo

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumidas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

Carlos Drummond de Andrade

Ano Novo no Poseidon

É a hora da virada!!


quarta-feira, dezembro 29, 2010

Charles Bukowski


Ganhei esse livro da Ana - um dos presentes surpresa desse Natal. Corro atrás do filme. Em Maringá, há uma cópia na locadora 1001 (se  não me engano). Henry Charles Bukowski Jr (Andernach, 16 de Agosto de 1920 – ± Los Angeles, 9 de Março de 1994) foi um poeta, contista e romancista de origem alemã mas criado na América. É conhecido pela obra obscena e estilo coloquial, com descrições de trabalhos braçais, porres e relacionamentos baratos. Ele consegue tirar poesia da vulgaridade.


Pássaro Azul" - Charles Bukowski
(Bluebird)

Em meu coração existe um pássaro, que quer sair
mas sou mais forte que ele
there's a bluebird in my heart that, wants to get out
but I'm too tough for him

Eu falo "fica aí dentro,
eu não vou deixar ninguém te ver"
I say, stay in there, I'm not going
to let anybody see you

Em meu coração existe um pássaro, que quer sair
there's a bluebird in my heart that, wants to get out

mas eu taco uísque nele e respiro fumaça de cigarro
e as putas e os barmen e as caixas do mercado
nunca sabem que ele está aqui dentro
but I pur whiskey on him and inhale cigarette smoke
and the whores and the bartenders and the grocery clerks
never know that he's in there

Em meu coração existe um pássaro, que quer sair
mas sou mais forte que ele
there's a bluebird in my heart that, wants to get out
but I'm too tough for him

Eu falo "fique aí, você quer me pôr em apuros?"
"você quer estragar meus trabalhos?"
"você quer estragar as vendas dos meus livros na Europa?"
I say, stay down, do you want to mess me up?
you want to screw up the works?
you want to blow my book sales in Europe?


Em meu coração existe um pássaro, que quer sair
there's a bluebird in my heart that, wants to get out

mas eu sou mais esperto,
só deixo ele sair de noite, às vezes
quando todos estão dormindo
but I'm too clever,
I only let him out at night sometimes
when everybody's asleep

Eu falo "sei que você está aí, então não fique triste"
daí o ponho de volta, mas ele ainda canta um pouco aqui dentro,
Eu não o deixei morrer totalmente.
I say, I know that you're there, so don't be sad.
then I put him back, but he's singing a little in there
I haven't quite let him die.

e a gente dorme junto desse jeito
com nosso pacto secreto
e é bacana o suficiente para fazer um homem chorar
and we sleep together like that
with our secret pact
and it's nice enough to make a man weep

mas eu não choro, você chora?
but I don't weep, do you?


(do blog do Nicholas Gimenes)

Girando...

O Google Earh fotografou todo o Rio de Janeiro e boa parte de Petrópolis e Região dos Lagos. Descobri fotos interessantes, bem familiares...
Mano Marcos, cunhada Fátima e sobrinhos moraram durante muitos anos
nessa casa no bairro Quitandinha, Petrópolis.
Nosso primeiro apê foi nesse prédio, Ed.Paulo César, nos fundos, na
avenida Washington Luis, Petrópolis.
Casa da minha sobrinha em Araruama 
Detalhe do Edificio Augusto Aragão, rua Barata Ribeiro, Copacabana.
Passei bons anos da minha vida ali, principalmente na época da faculdade.
Bar do Tarzã, em frente ao prédio em Copacabana. 
Prédio onde minha mãe mora - Rua do Imperador, centro de Petropolis

Presentaço!

Elci Nakamura me liga dizendo que deixaram um presente na CBN. Surpresa!! Era uma caixa com a coleção Bossa Nova da Folha e Discoteca Brasileira do Século 20. Um total de 23 CDs - livros. Quem seria o Papai Noel? Uma pista: a pessoa que deixou o presente disse que era pro Marcelo, do Bar do Bulga.
Agora em casa, vasculhando a caixa, encontro um bilhete. "Estou te dando esse presente porque sei que voce gosta de coisa boa". Não há assinatura, mas o endereço: www.vendendosempre.blogspot.com
Descubro que é o Blog do Mao. E não palavras pra agradecer. Ele só lamente o fato de eu ser botafoguense...

terça-feira, dezembro 28, 2010

Brahma Botafogo

Sobrinho Pedro e mano Márcio seguram orgulhosos a Brahma Botafogo


Remédio

Outro dia, quando   estava vendo televisão com a Ana, eu fingia que estava tomando um remédio escondido. Ana percebeu e tomou da minha mão a caixa de remédio com a tarja preta. Já ia me dar uma bronca quando percebeu (aliviada) que era sobre a campanha salarial do sindicato dos jornalistas.

VHS eterno!


Novidade no mundo blogueiro. Temos agora o MUSEU DO VHS. A proposta do blog é juntar o maior número possível de informações e principalmente capas de filmes em VHS lançados por aqui na época áurea do formato.
O MUSEU DO VHS, é um blog composto por fãs que desejam preservar a memória dos VHS. De acordo com o Bruno, o administrador, isso não quer dizer que VHS seja melhor do que o DVD, O problema é que nem todos os filmes lançados em VHS no Brasil foram relançados em DVD."Se lembram daqueles filmes mais obscuros de terror, ação, artes marciais que quase ninguém gostava, só você?? Bem a intenção é preservar a memória desses filmes! Assim como a era de ouro do VHS", comenta.

segunda-feira, dezembro 27, 2010

O que é isso?

IMG_3148.JPG
Esses bichos andam soltos no jardim do belíssimo  Zoo Municipal de Buenos Aires. Até hoje não sei o que é isso. Uma mistura de coelho com canguru. Parecia uma montagem real de photoshop.

Balanço do Natal



Prederam o papai noel (01)




Prederam o papai noel (02)




Prederam o papai noel (03)




Prederam o papai noel (04)




Prederam o papai noel (05)



Prederam o papai noel (06)




Prederam o papai noel (07)




Prederam o papai noel (08)




Prederam o papai noel (09)




Prederam o papai noel (10)




Prederam o papai noel (11)




Prederam o papai noel (12)




Prederam o papai noel (13)




Prederam o papai noel (14)





De Rafael 

Boa semana pra todos!!!


Nouvelle Vague - Où Veux tu qu' je r'garde

nouvelle vague "dance with me"

domingo, dezembro 26, 2010

Barsetti na cabeça

A reportagem que revelou que o Estádio do Morumbi seria descartado pela Fifa e não receberia nenhuma partida da Copa do Mundo de 2014, muito menos a abertura, foi a vencedora do 10.º Prêmio Estado de Jornalismo na categoria reportagem. A premiação destaca os melhores trabalhos produzidos pelo jornal durante o ano.
O repórter Sílvio Barsetti ficou em primeiro lugar por trazer à tona a decisão da Fifa de eliminar o Morumbi como um dos estádios para abrigar partidas do Mundial de 2014 em São Paulo. A matéria foi publicada em abril, época em que o estádio era o mais cotado para sediar a abertura do evento. O anúncio oficial de que o Morumbi estaria fora foi feito dois meses depois pela entidade.
No total, 23 trabalhos foram agraciados em 8 categorias. O 3.º Prêmio Estadão.com, que destaca a produção voltada para a internet, teve 11 ganhadores em 4 categorias.

quinta-feira, dezembro 23, 2010

Oba! É Sexta Feira!



Young Frankenstein (1974)

Um Natal com chuva

"

Blade Runner (1982)

Feliz Natal !!

Aos amigos e clientes do Bar do Bulga

Noite de Paz...


O site Boca do Inferno fez essa relação de filmes de terror tendo o Natal como pano de fundo. Divirtam-se! 
Estamos naquela época do ano em que iluminamos nossa casa, montamos uma bela árvore repleta de bolinhas brilhantes, trocamos cartões e mensagens positivas, distribuímos presentes, cumprimentamos até a sogra…
Inspirado na data, o Boca do Inferno preparou para você uma lista de 25 filmes de terror relacionados ao tema…produções que envolvem pessoas que odeiam o Papai Noel, matam as outras vestidas com trajes natalinos, bonecos de neve assassinos, brinquedos cruéis….boas festas!
1. Tales From The Crypt (1972) – grande clássico que inspirou mestres comoStephen King e George Romero e introduziu a série de TV com o mesmo nome nos EUA, além de contar com grandes nomes como Peter Cushing. Numa das histórias, mulher mata o marido na noite de Natal e antes que possa se livrar do corpo é atormentada por assassino vestido de Papai Noel. A antologia é excelente, tendo na história da viúva negra um suspense de tirar o fôlego, principalmente quando você imagina o que possa acontecer com a criança caso o assassino resolva entrar…
2. Natal Sangrento (Silent Night, Deadly Night, 1984) – após presenciar a morte de seus pais, garoto cresce e se torna um assassino cruel que utiliza as roupas de Papai Noel para atrair novas vítimas…Esta produção sofreu grande preconceito quando foi lançada, pois os pais temiam que as crianças perdessem a magia do Natal. O assassino segue a cartilha dos psicopatas: tenta seguir uma vida comum, mas o encontro com o passado resgata seu ódio pela data. Lilyan Chauvin faz uma Madre Superiora insuportável, uma personagem que faz a Madrasta da Branca de Neve se tornar uma vovozinha. Está longe de ser um clássico como apontam, mas vale a pena dar uma espiada!
3. Natal Sangrento 2 – Retorno Macabro (Silent Night, Deadly Night 2, 1987) – continuação da saga do rapaz atormentado pelo seu passado traumático. Neste filme, o irmão do assassino do primeiro filme decide continuar a trilhar um rastro de sangue nas noites de natal, depois de um contato com um psiquiatra. O assassino, interpretado por Eric Freeman (que fez Israel em “Colheita Maldita“), está mais insano do que o Billy do original, matando tudo que tenha vermelho, tendo na cena do guarda-chuva uma das melhores da série. O primeiro ainda tinha um conteúdo sério, típico de um slasher, já este é mais lembrado pelos momentos cômicos como o do “garbage day“, que está no TOP das mortes mais ridículas do cinema.
4. Natal Sangrento 3 (Silent Night, Deadly Night 3: Better Watch Out!, 1989) – Ricky Caldwell, o “Papai Noel assassino” é trazido de volta por um cientista louco, enquanto uma mulher cega se vê conectada ao psicopata…Com o nível descendo pela chaminé, este filme tenta incluir na mitologia da série pesadelos no estilo “A Hora do Pesadelo“, com momentos nonsense voltados para o sobrenatural. Foi comandado por Monte Hellman, que, na década de 50, dirigiu o tosco “A Besta da Caverna Assombrada“. E o assassino é interpretado pelo bad guy Bill Moseley.
5. Natal Sangrento 4 – A Iniciação (Silent Night, Deadly Night 4 – Iniciation, 1990) – uma repórter decide investigar uma mulher que pulou de um prédio em chamas e se vê envolvida em uma seita de bruxas que querem fazer um ritual de sacrifício no Natal. Dirigido por um Brian Yuzna (A Noiva do Re-Animator) pouco inspirado, este filme tem pouca relação com o Natal apesar do título. Aliás, a história poderia se passar em qualquer data que não faria diferença alguma. Vale a pena pela presença de rostos conhecidos como Clint Howard e Reggie Bannister no elenco. Mas, onde está o Papai Noel assassino?
6. Natal Sangrento 5: Horror Na Loja de Brinquedos (Silent Night, Deadly Night 5: The Toy Maker, 1992) – depois de quatro filmes matando pessoas vestindo uma roupa de Papai Noel, decidiram dar um descanso para o assassino e criaram uma continuação sem relação nenhuma com os filmes anteriores. Neste, um fabrincante de brinquedos e seu cruel filho passam a aterrorizar pequena cidade do interior, criando brinquedos mortais. Após perder o marido, vítima de um dos brinquedos, Sarah decide lutar contra esse mal….
7. O Terror Pode Esperar (Don’t Open Till Christmas, 1985) – Trabalhar como Papai Noel pode ser extremamente perigoso quando se tem um assassino que odeia a data e essa figura popular. A Scotland Yardquebra a cabeça para tentar descobrir que empalou um Papai Noel e continua matando os homens que se vestem assim. Aqui a mística do bom velhinho termina quando você vê exemplos que bebem, assistem a shows eróticos e cometem adultérios em frente aos filhos. A direção capenga de Edmund Purdom atrapalha o resultado final, mas é um filme bem violento e vale a pena dar uma chance a ele.
8. Jack Frost (1997) – Esqueça tudo o que você já viu em boneco de neve.Jack Frost é um perigoso assassino que morre após um acidente de estrada em que ele choca com um caminhão carregando material genético. Seu corpo se mistura com a neve e ele se transforma num terrível mostro de neve, com dentes afiados, desejo de matar, e efeitos especiais de fazer um abraço na sogra se tornar emocionante. Felizmente, a criatura não é anatomicamente perfeita! Algo que você aprenderá nesse filme: aerosol pode ser mais destrutivo do que dinamite.
9. Jack Frost 2: A Vingança (Jack Frost 2: Revenge of the Mutant Killer Snowman, 2000) – O boneco de neve assassino está de volta mais sedento do que nunca!! Após um acidente no laboratório, Jack Frost é trazido de volta à vida com desejo de vingança contra aqueles que o destruíram no passado. Mas, desta vez Jack Frost está indestrútivel…tanto que ele decide perseguir sua vítima numa ilha tropical (!!!) Isso mesmo…muito ruim.
10. Gremlins (1984) – Garoto ganha de presente uma pequena criatura, com a recomendação de não molhá-la, o que acontece acidentalmente. O estranho animal começa a reproduzir-se rapidamente, dando origem a diabólicos seres, que transformam a cidade num verdadeiro inferno. Produção divertidíssima com monstrinhos nojentos e bem-humorados. Destaque para a cena no cinema…
11. Noite do Terror (Black Christmas, 1974) – Chegou o Natal! As garotas de uma fraternidade fazem planos para o feriado, mas estranhas ligações anônimas começam a incomodá-las. Quando Clare desaparece, elas ligam para a polícia, que não dá muita bola. Enquanto isso, Jess está planejando um aborto, mas seu namorado Peter é radicalmente contra. Quando uma garota de 13 anos é encontrada morta no parque, a polícia finalmente começa a se preocupar e grampeia o telefone da fraternidade, mas será que isso será suficiente para impedir a morte de mais garotas? Possui uma das cenas de mortes mais memoráveis do gênero, fazendo trilha com a voz de crianças em um coro e um certo unicórnio…
12. Natal Negro (Black Christmas, 2006) – Refilmagem do filme de terror de 1974, o filme conta a história de Billy, um garotinho que sofreu abusos de sua mãe, que mata o marido e prende Billy no sótão para sempre, a fim de começar uma nova família com seu amante. Quando a mãe de Billy engravida de uma menina e a trata com amor, algo que Billy nunca vivenciou, ele foge do sótão depois de anos e mata brutalmente sua mãe e o amante. E tem início uma série de assassinatos! Inferior ao original, mas também possui seus bons momentos como aquele envolvendo biscoitinhos natalinos ou aquele referente aos olhos arrancados…
13. Natal Sangrento (One Hell of a Christmas, 2002) – Todos nós sabemos que o Natal reserva boas surpresas para quem se comportou bem durante o ano. Mas, o que acontece com aqueles que deixaram a desejar? Um presente amaldiçoado, transforma esta noite mágica em uma noite sangrenta e mortal. Um filme de terror que vai fazer você se comportar bem direitinho, para esperar seu presente na noite de Natal! Até a primeira hora, trata-se de um longa trivial, envolvendo bandidos, drogas, sequestros e vinganças. Depois que o mal desperta e passa a atormentar Carlitos, tem início momentos bizarros com monstros e demônios…
14. Noite em Fúria (Santa´s Slay, 2005) – O tão conhecido e bondoso velhinho é uma figura muito má. Sua bondade só ocorre quando perde uma aposta que fez com um anjo. Depois de mil anos, quando acaba o prazo da aposta, ele quer recuperar toda a maldade perdida e corrigir sua reputação. De volta à ativa com suas perversidades, na noite de Natal ele decide acabar com a alegria e começa a matar pessoas e o que era para ser uma noite de festa acaba se tornando um pesadelo. Atenção: não assista a este filme na noite de Natal, pois Papai Noel existe e é mau. Filme divertidíssimo, com a participação especial na cena inicial de Fran Drescher; além de contar com a sempre carismática Emilie de Ravin, a Claire de “Lost“.
15. Christmas Evil (Christmas Evil / You Better Watch Out, 1980) – Conta a história de um garoto que amava o Natal, mas se decepcionou quando flagrou o Papai Noelfazendo sexo oral em sua mãe. Com o passar dos anos, Harry começa a trabalhar de numa fábrica de brinquedos, enquanto tenta a todo custo resgatar o espírito natalino. Mas, o comportamento das crianças, o cinismo e a hipocrisia enchem o saco de Harry, que decide dar início a uma vingança sangrenta! “Se você for mau, então seu nome vai para o livro dos meninos e meninas maus, então, eu trarei algo para vocês…..algo horrível!”
16. Brinquedo Assassino (Child’s Play, 1988) – Antes de morrer baleado por policial, psicopata agarra-se a um boneco e entoa um cântico vodu. Na mesma hora, um garoto ganha um boneco semelhante ao enfeitiçado e estranhos crimes começam a acontecer, sempre envolvendo o garoto e seu boneco. Todo mundo conhece o personagem Chucky, então não é necessário apresentações. Porém, poucos se lembram que a história se passa na época natalina…e o brinquedo assassino seria um presente que Andy ganhou.
17. Elves (1990) – Cientista misterioso cria uma estranha forma de vida, meio humana, meio animal. O monstro será enviado para alguém, no Natal, embrulhadinho, dentro de uma caixa, como um inocente presente! Apesar do título no plural, só há um elfo no filme. Parece uma referência ao Gremlins, mas não é: este é ruim mesmo. Os efeitos especiais destroem qualquer possibilidade de envolvimento com o que está sendo visto.
18. O Dia da Besta (El Dia De La Bestia, 1995) – Após 25 anos de estudo, vigário descobre que o anticristo nascerá no dia 25 de dezembro. Sem saber o momento e o lugar exato, ele sai às ruas de Madri para encontrá-lo e matá-lo, envolvendo-se com malucos, pessoas inocentes e outros personagens bizarros. Produção espanhola cult, que trabalha com o humor negro de forma genial! Cenas memoráveis, num filme inesquecível!!
19. Rota da Morte (Dead End, 2003) – Véspera de Natal. Noite Feliz. Tudo corria bem para aquela família que viajava numa estrada quase deserta rumo a casa de um parente até que Frank, que está ao volante, avista uma sinistra mulher de branco, com um bebê no colo, parada no acostamento. O pesadelo está para começar. Aos poucos, os cinco passageiros daquele carro vão sendo envolvidos por uma série de sinistros acontecimentos. Como nos bons filmes de terror, um a um vai sendo eliminado. Mas não se sabe por quem. E por que aqui está acontecendo? Ganhador de festivais internacionais de filmes de terror, “Rota da Morte” lembra aqueles episódios do “Além da Imaginação“, embora um pouco arrastado e previsível para os atentos! Vale a pena!
20. Santa Claws (1996) – Rapaz mata a mãe na noite de Natal e vestido de Papai Noel elimina todos que cruzam o caminho de uma estrela pornô por quem ele é obcecado. Produção de baixo orçamento, dirigida e roteirizada por John A. Russo (sim, o responsável pelo roteiro da obra suprema do horror “A Noite dos Mortos-Vivos“, de 1968), que no mesmo ano faria algo pior ainda o péssimo “Scream Queens’ Naked Christmas“! Que saudades dos bons tempos…
21. Noite de Sombras, Noite de Sangue (Silent Night, Bloody Night, 1973) – Um velho casarão, que por muitos anos serviu como asilo de loucos, tem os acontecimentos relacionados ao seu passado investigado pelo advogado que pretende vendê-lo. Mas um misterioso assassino, fugido de um sanatório, está disposto a interferir em seus planos! Produção barata, prima pobre de “Black Christmas“: algumas cenas copiadas, incluindo as ligações telefônicas. Destaque para a cena da revolta dos pacientes do asilo contra os médicos!
22. Fantasmas Contra-Atacam, Os (Scrooged, 1988) – Na véspera do Natal, executivo ranzinza de rede de televisão é perseguido por três fantasmas que infernizam a sua noite na tentativa de transformá-lo num ser humano melhor. Baseado em obra de Charles Dickens, trata-se de uma produção bem feitinha, com ótimos efeitos especiais numa boa interpretação de Bill Murray. Ainda assim, é um filme família, para ver num domingo à tarde.
23. Brinquedos Diabólicos (Puppet Master vs. Demonic Toys, 2004) – Quinto volume da série Mestre dos Brinquedos, que conquistou certo sucesso por apresentar uma mistura de terror com cenas cômicas. Dessa vez, dois irmãos descobrem a secreta fórmula de família capaz de dar vida aos bonecos. Porém, uma fabricante descobre e rouba a fórmula. Ela começa a produzir vários bonecos e planeja atacar com eles no dia de Natal. Para tentar impedi-la de estragar o Natal de todos e fazer várias vítimas, os irmãos em juntam a uma policial. Agora eles lutam para impedir que a fabricante concretize seus planos e isso pode ser uma aventura verdadeiramente perigosa. Os efeitos continuam fracos, mas a série é cult é possui sua legião de fãs!
24. O Estranho Mundo de Jack (The Nightmare Before Christmas, 1993) – Jack Skellington, o rei da cidade do Halloween, decide espalhar a alegria do Natal por todo o mundo. Mas sua bem-intencionada missão acaba deixando o Papai Noel em perigo e cria um pesadelo para as crianças do mundo inteiro! Quem salvará o Natal? Excelente animação de Tim Burton, com personagens sombrios e bem caracterizados, envoltos numa melancôlia sem fim. Bem melhor do que “Noiva Cadáver“…
25. A Noite do Pavor (To All A Goodnight, 1983) – Um slasher completamente sem inspiração sobre um Papai Noel que decide aterrorizar as jovens de uma escola. Teria a morte algo a ver com uma garota que foi morta numa iniciação há vários anos? O número de mortes é alto, mas a imagem é muita escura, o que dificulta a visualização dos acontecimentos. Há algumas boas cenas de nudez e gore, mas nada que você não tenha visto antes em filmes melhores!

segunda-feira, dezembro 20, 2010

Caindo das alturas

Foto : Douglas Marçal - Jornal O Diário
Foi o fato do dia com repercussão mundial. O carro da rádio Jovem Pan caiu  de uma altura de 10 metros no estacionamento de um centro comercial de Maringá, na avenida Tiradentes, perto do Av Paraná. Tiinha quatro ocupantes que sairam ilesos. Muitos acham que os fios diminuiram o impacto. Azar e sorte e questão de segundos. E não tinha nenhum pedestre ou carro passando no momento.
Abaixo, um vídeo mostra o momento do acidente, 

Preconceito!

Se você tem menos de 12 anos, não venha!
"

domingo, dezembro 19, 2010

Akira Kurosawa's Dreams (Legendado em português)

"

Prestando conta

"O detetive particular presta conta pra sua cliente:
- De acordo com suas instruções, segui seu marido na noite passada.
Ele foi a um restaurante de luxo ficando lá escondido, durante 1 hora e meia.
Depois foi até uma boate e ficou espiando uma mulher, até 1 hora da madrugada.
Finalmente, encerrou sua noitada indo parar na porta de um motel.
- Minha nossa! Não entendi?
Você disse escondido! Espiando! Porta de motel. Mas o que é isso?
E o detetive meio sem jeito:
- Não tenho muita certeza, mas acho que ele estava seguindo a senhora!
"

quinta-feira, dezembro 16, 2010

Do twitter

Presépio encantado



Fomos hoje conferir o Presépio de Som,  Luz e Movimento dos Arautos do Evangelho em Maringá. Vale a pena. Algo bem familiar, espírito de Natal. As sessões duram meia hora, das 15h as 21h. É só chegar.  O local onde estão instalados os Arautos é muito bucólico. Fica perto do conjunto Borba Gato e da Cidade Monções. Até o dia 23. Fomos atendidos por dois simpáticos e inteligentes meninos que ali estudam. Acho que serão padres.

Notícias do Lukas

Depois de 45 dias de internamento, boas noticias. O cartunista  Lukas está sem febre e a expectativa é de que ele se recupere em casa a partir dessa sexta ou sábado. Estive visitando ele no hospital na semana passada. Como ele não está podendo falar, disse uma porção de coisas. Brinquei, dizendo que me sentia num confessionário. Na verdade, ele não escondia a irritação de ficar tantos dias naquele lugar. Não tinha como discordar.

Oswaldo Antunes Comemora!

Churrasco em Petrópolis no domingo. O tio Oswaldo Antunes e o bicampeonato  tricampeonato do tricolor.

Correio Eletrônico


Correio Eletrônico é um artigo originalmente publicado no ((( TRETA ))).



quarta-feira, dezembro 15, 2010

Balestra Rider

Balestra foi tão bem que merece o post só pra ele... 


Com licença, Bulga, me deixa sentar nesta mesa e falar um pouquinho de mim agora que você m’cutucou com essa do Easy Rider. Você foi fundo sem saber, viu? Hoje só quero beber lembranças aqui no seu bar. Dispenso o chopp... 

M’ lembro bem, Bulga. Era quase fim inverno de 1969 no arenito de Paranavaí. Resguardado sob meu equipamento Lee Riders legítimo, calça e jaqueta – que naquele tempo ainda se comprava o “legítimo” mesmo no Paraguay –, e “do alto” de meus dezessete anos recém completados (eu e o Real nascemos em um 1º de julho), eu saía do (hoje saudoso) Cine Ouro Branco naquela noite gelada e voltava pra casa “outro”. 

De fato eu me sentia “outro” depois de ver as harley-davidson do Capitão América e do Billy, depois de ver na telona em cinemascope tanta liberdade sonhável, a estradona longa do destino ainda toda pela frente... Eu “vivi” o filme.

Logo consegui um cartaz enorme daquela imagem do filme em que viajam os três em duas harleys, Dennis Hopper, Peter Fonda e Jack Nicholson, e o colei na parede (toda decorada com astros pops) de meu quarto naquela casa em madeira em que morávamos, e que parecia que nunca esquentava as paredes nos invernos. 

Ah, Bulga, essas cenas, essas coisas nunca me saíram da cabeça, da alma, do coração, assim como a música, o primeiro violão ganho de mamãe Elvira, a paixão pelos livros e os escritos. 

Como você vê, Bulga, hoje você me acertou em cheio... Easy Rider marcou-me demais, e ficou-me eterno, enquanto eu por aqui estiver. 

Obrigado por acudir-me com essa lindíssima lembrança. abs 

Ainda sobre Noel Rosa...

Marcelo, tio Ruy, Miguelzinho (meu primo!)...

Não deixem de ver (e ouvir!)

Noel Rosa, centenário, O Dia.

http://odia.terra.com.br/portal/diversaoetv/noel_rosa/videos_tvodia.html

Grande abraço... saudades.
bulga