sábado, dezembro 29, 2007

TOMBAMENTO


Uma das instituições que merecem tombamento em Petrópolis: o sorvete de queijo da Leiteira Brasil. A receita é guardada a sete chaves pelos proprietários. Também merecem tombamento os Doces Húngaros, os quitutes da Casa do Alemão e da Pavelka. Também tem os caramelos D´Angelo que sempre levo pra Maringá.

IGREJA DO ROSÁRIO


No início do século 20 meu avô Oscar veio da Bahia e ficou hospedado num dos quartos existentes no prédio anexo dessa igreja. Meses depois conheceu aquela que seria minha avó. Essa igreja fica próxima ao centro de Petrópolis e foi recentemente restaurada. Durante anos o teto permaneceu pintado de branco e hoje podemos perceber um bonito afresco.
Foi também nessa igreja que fui batizado.

NA RÁDIO


Fui dar um passeio pela Rádio Imperial de Petrópolis. Encontrei a Ana Pureza e o Jorginho que agora tem um programa de debates no final da tarde. Para minha surpresa, ele me convidou para o debate. Tentei fugir, mas não deu. O papo foi ótimo e nos divertimos muito.

PRA VIAGEM


Novidade em Petrópolis. Caixões personalizados com o time de coração do falecido. Além do gosto duvidoso, fica a pergunta: o time é enterrado junto?

quinta-feira, dezembro 27, 2007

HOTEL QUITANDINHA




Hotel Quitandinha em Petrópolis. O palácio foi construído na década de 40 e durante anos foi um cassino com direito a visita de gente como Orson Wells. Nas fotos, dona Ana no jardim do restaurante Chimarrão (ao lado do hotel) e a parte detrás. A foto foi tirada na sacada do apê no meu irmão Marcio.

SUCO DE CEVADA


Depois de ter tomado pela primeira vez um sorvete de tapioca, fomos experimentar o famoso suco de cevada de Petrópolis

QUADRO NOVO


Ganhei um novo quadro da nova fase da artista plástica Martha Bulgarelli (por sinal, minha mãe). Ganhei mas ainda não levei: o quadro será exposto em tres galerias no Rio antes de ser despachado para Maringá. Fico no aguardo...

terça-feira, dezembro 25, 2007

NOVO CENTRO DE PETRÓPOLIS




Algumas novidades da reforma do centro histórico de Petrópolis. Repare que o calçamento feito de pavers serve como faixa de pedestre e ao mesmo tempo como redutor de velocidade.
Outro detalhe: jardineiras com flores para que o pedestre saiba onde atravessar.

quarta-feira, dezembro 19, 2007

IMPORTÂNCIA DA RECEITA

Numa pequena cidade do interior do RS,uma mulher entra
em uma farmácia e fala ao farmacêutico:
- Por favor, quero comprar arsênico.
- Mas... não posso vender isso ASSIM! Qual é afinalidade?
- Matar meu marido!!
- Pra este fim... piorou... não posso vender!!!
- A mulher abre a bolsa e tira uma fotografia do marido, transando com amulher do farmacêutico.
- Ah bom!... COM RECEITA É OUTRA COISA!

ELVIO É O PAPAI NOEL


Cartão recebido do tio Elvio

EU TAMBÉM QUERO


Antonio Roberto de Paula informa que o livro Maringânias está à venda na Banca do Gaúcho, na praça Napoleão Moreira da Silva, na esquina das avenidas Duque de Caxias e Santos Dumont.

Claudio Beltran




Esse é o Claudio Beltran, colega que edita o 'Ruas da História', programete que faço para a CBN. Acho que essa é a quarta parceria nossa. Além de editar diversas matérias minhas na época em que trabalhava como repórter daquela rádio, ele também tocou teclas nos programas 'Arte e Lazer' e 'Vozes da História' [segunda e terceira temporada]. Ele é mundialmente conhecido como Beltro e gostaria de ganhar um perrnil de Natal. Homenageando o Beltro aproveito para desejar um bom 2008 para todos da cbenê.

terça-feira, dezembro 18, 2007

NOEL ESTÁ BAIXANDO



A trilha sonora do filme Noel o Poeta da Vila já está disponível para download. Clique em
http://umquetenha.blogspot.com/2007/12/noel-poeta-da-vila-2006.html

Depois, clique em download - aperte 'free' - espere a contagem - copie o código e salve o arquivo.

GRANDE COELHO

 


Aí está a grande Rachel no meio da turma da caravana. Ela foi pro Ceará e Bahia numa excursão teatral.
Posted by Picasa

COELHO NO SERTÃO

Estradas da vida


Rachel Coelho voltou a blogar. Ela conta as aventuras dela pelo sertão. Acompanhe mais detalhes em
http://tocadacoelho.zip.net/


15/12/2007

Antes de Canudos, conheci Quixeramobim (CE), a cidade onde nasceu Antonio Maciel. Lá, apesar de diferente, a experiência não foi menos intensa. Conheci pessoas incríveis, como Thiago Arrais, Adolfo e Aparecido, entre outros. A cidade também é acolhedora e fez da passagem d'Os Sertões o acontecimento do ano.

O diferencial de Canudos é que lá eu tive mais contato com o Teatro Oficina e pude estar com eles nas filmagens que realizaram pela região, no Cambaio, em Uauá, Caratacá, Monte Santo e no Parque Estadual, palco dos combates. Por ter ficado mais tempo na cidade, conheci mais dela. Jornalisticamente falando, não fui tão produtiva quanto gostaria, mas também não me sinto muito estimulada a produzir.

Um novo mundo se abriu para mim. Quero voltar a Canudos e quero conhecer muito mais do interior brasileiro. Essas são as viagens que valem a pena.

CONFRATERNIZAÇÃO 2007

CONFRATERNIZAÇÃO 17.12.07


Fotos da confraternização da CBN, Maringá FM e Radio Mix. Clique na foto para ver o álbum.

segunda-feira, dezembro 17, 2007

GAFES NA IGREJA - HILáRIO

UMA BOLA GRáTIS

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

O EXEMPLO QUE VEM DE MARINGÁ



Um documento para as futuras gerações.

TROCADILHOS

LOJA ANTICAPITALISTA


Há dez anos a Loja Gratuita de Berlim abriu suas portas, em nome do anticapitalismo e da ecologia, para vender tudo o que está em suas instalações.

Já na entrada, muito colorida, o freguês percebe que este é um estabelecimento especial. Uma placa avisa: "Atenção: Você está abandonando o setor capitalista."

Na Loja Gratuita de Berlim, as pessoas entram sem dinheiro, mas podem levar uma televisão, um par de sapatos, alguns livros, uma geladeira ou duas entradas para um show, sem pagar um único centavo.

A Loja Gratuita não é um local de trocas, e mantém sua posição contrária a dinheiro e consumo.

"Qualquer pessoa pode vir e levar o que desejar", explica Bernd, um dos 15 voluntários que se revezam na loja.

Mas como os voluntários da Loja Gratuita dizem, alguns de seus clientes estavam organizando rapidamente um lucrativo "mercado das pulgas" com os objetos que levavam. Agora, o número de artigos foi limitado a três por cliente.

LEIA MAIS AQUI

domingo, dezembro 16, 2007

DISCO DA FERNANDA TAKAI É O MELHOR DE 2007








Nós cantamos a bola aqui no Bar e não deu outra. Em assembléia na terça-feira, 11 de dezembro, no Sindicato dos Jornalistas do Estado de S. Paulo, a APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) escolheu os melhores de 2007 nas seguintes categorias: Artes Visuais, Cinema, Dança, Literatura, Música Popular, Rádio, Teatro, Teatro Infantil e Televisão. Na música popular, o resultado foi esse. Para baixar os discos, é só clicar nos nomes abaixo.

Disco: Onde Brilhem os Olhos Seus/Fernanda Takai
Cantora: Roberta Sá
Cantor: Paulinho da Viola
Grupo: Orquestra Imperial
Revelação Feminina: Marina de La Riva
Revelação Masculina: Edu Krieger
Grupo Revelação: Fino Coletivo
Votaram: Inês Correia, Pedro Alexandre Sanches e José Norberto Flesch.
Quem quiser ouvir todos esses discos, deve acessar o blog
UM QUE TENHA ou se preferir, clique sobre o nome de cada um dos premiados.

sexta-feira, dezembro 14, 2007

A PEGADINHA DO PROFESSOR

pOSTANDO UM
O fato narrado abaixo é real e aconteceu em um curso de Engenharia da USJT (Univ. São Judas Tadeu), tornando-se logo uma das 'lendas' da faculdade.

Na véspera de uma prova, 4 alunos resolveram chutar o balde: iriam viajar juntos. Faltaram à prova e então resolveram dar um 'jeitinho'.
Voltaram a USJT na terça, sendo que a prova havia ocorrido na segunda.

Então, dirigiram-se ao professor:
'- Professor, fomos viajar, o pneu furou, não conseguimos consertá-lo, tivemos mil problemas, e por conta disso tudo nos atrasamos, mas gostaríamos de fazer a prova'.

O professor, sempre compreensivo:
- Claro, vocês podem fazer a prova hoje a tarde, após o almoço.



E assim foi feito. Os rapazes correram para casa e racharam de tanto estudar, na medida do possível.

Na hora da prova, o professor colocou cada aluno em uma sala diferente, sem qualquer meio de comunicação com o mundo externo e entregou a prova:

Primeira pergunta, valendo 1 ponto: Escreva algo sobre 'Lei de Ohm'.


Os quatro ficaram contentes pois haviam visto algo sobre o assunto.
Pensaram que a prova seria muito fácil e que haviam conseguido se dar bem'.

Segunda e última pergunta, valendo 9 pontos:

'Qual pneu furou?'

DIRCEU FALA DE PAULA

Amigo Poeta e Escritor De Paula
Compartilho com os amigos o orgulho que senti hoje ao ler o O Diário. Creio que tive o orgulho da mãe que vê o filho sendo batizado. Acho que os verdadeiros amigos têm um pouco de mãe. Talvez, em alguns aspectos, sejamos mais que mães. Afinal, abandonar um amigo não é crime. E amigos, a gente não abandona jamais.

Imagino o orgulho que você, Papai Poeta está sentindo, parindo esta nova obra. Seja bem vinda Maringânias. que seja feminina como Maringá e que puxe ao pai, resgatando, de rua em rua, de galho em galho, de gole em gole, a canção esquecida da nossa cidade.

Você é poeta, diz o jornalista para que todos saibam. E, para ratificar, nos brinda com uma pérola ("Na minha história"). Não tem mais saída meu caro jornalista. Você é, além de escritor, Poeta. Assim, com "P" maiúsculo.

Uma cidade como Mariingá, eternamente jovem, mas bem vivida, já merecia um poeta que a cantasse em prosa e versos.
Esta menina precisa que você assuma sua responsabilidade de poeta. Você é o instrumento para que ela ganhe personalidade. Como Viena, Paris ou São Paulo.

Continue nos brindando com sua sensibilidade. Faz um bem danado à alma ler você.

do seu fã,
dirceu

quinta-feira, dezembro 13, 2007

CARTINHA DE NATAL CARIOCA

Próximo ao Natal, Wandergleydson, um garotinho flamenguista de oito
anos, resolveu escrever uma carta para o Papai Noel pedindo uma
bicicleta...

'Papai Nuel, fui um óstimo minino esti ano, ajudei meu pai, minha
maie,até meu irmaozinhu... quero uma bicicreta'.

Então parou e pensou:

- Ele num vai acreditá, vo refaze a carta.

'Papai Nuel, sei que nao fui muito bao este ano, mas achu qui ainda
meressu uma bicicreta'.

Não satisfeito, ele joga a carta fora, vai até o presépio, pega a
imagem de Maria, coloca dentro do sapato e escreve o seguinte:

'Jesus, se liga na situação... tô com tua mãe... véio!!! a treta é a
seguinte.... Se quiser ve tua véia di novu, manda Papai Nuel mi
dá uma magrela sinão o bicho vai pegá pro lado da coroa.

Ass: Vandergreidsson

O ator espanhol Antonio Banderas e sua mulher, a atriz americana Melanie Griffith, participaram de um leilão beneficente de arte na noite desta terça-feira em Santiago do Chile de onde saíram, respectivamente, com uma obra de Salvador Dalí e outra de Joan Miró. O ator se encantou por uma gravura de Dalí, que comprou por 22.000 dólares, enquanto sua mulher pagou 28.000 por uma de Miró. O casal faz uma visita ao Chile de três dias, que incluiu um almoço por cerca de três horas com a presidente chilena Michelle Bachelet, que se encarregou pessoalmente de guiar um tour pelo palácio presidencial de La Moneda.
Ontem a noite assistimos um filme com Banderas, o espanhol 'Dispara' de Carlos Saura. Acho que é o filme mais comercial de Saura que já assisti, mesmo assim é acima da média. Pena que o DVD foi lançado no Brasil numa cópia muito ruim com uma dublagem em inglês e em tela cheia.

ROTEIRO DO SARAU 'MARINGÂNIAS'

SARAU DE LANÇAMENTO DO LIVRO
'MARINGÂNIAS ' DE ANTONIO ROBERTO DE PAULA

Sexta-feira - 14 - 19h na Casa da Cultura Alcídio Regini, avenida Sophia Rasgulaeff - Centro Comunitário do Jardim Alvorada - Maringá - PR

ROTEIRO

19h15 - APRESENTAÇÃO INSTRUMENTAL FLAUTAS

19h30 - ABERTURA
COM THAÍS SANTANA –
Poema “aventura”

ELTON LUIS SILVA -
Músicas "Cidade mulher"
"Caderno de 75"

OLGA AGULHON
Poesia "Quanto tempo"

MARCELOBULGARELLI
Poesia "Passagem"

ACADÊMICA E PROF. NILSA ALVES DE MELO
Poesia "Vias personalizadas"

REGINALDO DIAS
Poesia "Alvorecer no maior bairro"

SARA BARRETO MAIA
Poesia "As árvores da minha cidade"

CAMERATA DE VIOLÕES
COM BRUNO VICENTINI
MARCOS PAULO SHIOZARI
RICARDO BRESSAN PACÍFICO
Músicas: Habanera – Entre o Lago e o Jardim
Jardim Japonês – Carinhoso

MARCELO HENRIQUE
Poesia "Na minha história"

SIMONE LABEGALINI
Poesia "Um milhão daqui um tempo"

ANTONIO FACCI
Poesia "Teus longos verões"

THAÍS SANTANA –
Poema “O Dono”

JOÃO LAÉRCIO LOPES LEAL
Poesia "E passaram 60 janeiros"

FERNANDO E GUILHERME
Com Bossa Nova

INÍCIO DA NOITE DE AUTÓGRAFOS

Ficha Técnica
'MARINGÂNIAS '
Sarau do livro de
Antonio Roberto de Paula

Apresentação:
Thaís Santana

Declamadores:
João Laércio Lopes Leal
Marcelo Bulgarelli
Marcelo Henrique
Reginaldo Dias
Sara Barreto Maia
Simone Labegalini
Thaís Santana

Participação especial dos
Membros da Academia de Letras de Maringá
Antonio Facci
Nilsa Alves de Melo
Olga Agulhon

Músicos convidados
Bruno Vicentini
Elton Luiz da Silva
Fernando
Lucas Martini Trabuco
Marcos Paulo Shiozari
Ricardo Bressan Pacífico

Sonorização
DJ Tom

Direção
Marcelo Bulgarelli

Projeto Gráfico
Huber

Apoio Cultural
Colégio Nobel

Produção
TV Clipping

quarta-feira, dezembro 12, 2007

SEM ESPAÇO

Já não sei onde colocar tanto DVD. As ofertas por aí estão tentadoras. Hoje fui na 100 Por Cento Vídeo e comprei 'Noivo Neurotico, Noiva Nervosa' do Woody Allen por módicos RS 8. Ontem foi melhor ainda: comprei um especial do Tom Zé por apenas RS1,90. Isso mesmo: um e noventa no Big.

SEXTA É DIA DE MARINGÂNIAS

Será na sexta-feira o lançamento do livro do Antonio Roberto de Paula {o de Paula]. Conta com o apoio do Colégio Nobel. É o terceiro livro da vida do jornalista. O evento começa às 19 horas na Casa da Cultura Alcídio Regini, na avenida Sophia Rasgulaeff - Centro Comunitário do Jardim Alvorada. O lançamento "Maringânias - Poesias comemorativas dos 60 anos de Maringá" contará com um sarau com poesias do livro. Hoje, quarta, terá ensaio no plenarinho da Câmara Municipal. De Paula me pediu para dirigir o sarau. Pretendo deixar todos muito a vontade e sem firulas.

SEM LINKS

Estou vendo como colocar links para blogs interessantes. Estou devendo essa retribuição a muita gente. O problema é que usei um modelo antigo do blogger e sem entender nada de Html esculhambei tudo. Agora, para fazer tudo certinho, teria que usar um dos modelos oferecidos. Mas a gente encontra um jeito...

terça-feira, dezembro 11, 2007

BARRACO NA CASA DO NOCA

O blog do Lukas está bombando. Agora a polêmica gira em torno de um post do Lukas em que ele defende a pirataria de CDs e DVDs e admite que é consumidor desses produtos. Os noqueiros - pessoal que frequnta o boteco virtual dele - dividiram as opiniões. Eu, então, resolvi entrar na polêmcia com o seguinte comentário sobre a pirataria.
Bulga disse...

Vou também colocar o meu bedelho.
1 - Sou colecionador de Cds e DVDs e tudo é original. Porém, faço cópias gratuitas para amigos e baixo discos pela internet. Neste exato momento estou baixando d disco da novela O Primeiro Amor, do início dos anos 70. Não vou encontrar esse disco em loja alguma e a indústria fonográfica nem vai reedita-lo.
2 - Se existe uma guerra entre locadoras e pirataria, essa guerra já terminou. A pirataria já venceu. As locadoras terão que conviver com uma nova realidade [de novo]. Num futuro próximo, mídias como o DVD e o CD estarão obsoletas.Tudo será via tv digital e internet. O problema então, vai ser como comercializar isso ou distribuir de graça agregando vários patrocinadores ao produto cultural.
3 - Já fiz vários planos para abrir uma locadora, mas desde o surgimento do VHS no Brasil, no início da década de 80, esse mercado já passou por diversas situações de altos e baixos. Lembro que as locadoras só trabalhavam com vídeos piratas - chamados de alternativos pelos proprietários - pois sequer existiam distribuidores no país. Depois vieram as majors - Warner. CIC, Disney - e o mercado se legalizou e encareceu.
4 - Continuar condenando a pirataria é o mesmo que excomungar a televisão. Ela vai continuar existindo de qualquer forma.

OUÇA O DISCO DE FERNANDA TAKAI

Para comprar é preciso conhecer o produto.E esse é dos bons. O disco de Fernanda Takai homenageando Nara Leão está no blog Um Que Tenha
É só clicar no download para ir pra página do rapishare. Para quem numa baixou por esse site, a dica está neste link : RAPISHARE

Abaixo, mais algumas opiniões sobre o disco:

Ronaldo Menezes disse...

Rapaz, quem diz que esse disco é bom ou é apaixonado pela Fernanda ou nunca ouviu outras interpretações dessas músicas. A única interpretação que dá pra ouvir é "Diz que fui por ai" que incidentalmente é a primeira música. O resto é pra matar um. Eu até que acho Pato Fu agradavel, mas a Fernanda deveria deixar essa idéia pra lá. Eu baixei, mas já já vou apagar.

Valeu por ter colocado aqui. Mais uma vez o "Um Que Tenha" me ajuda a escolher os discos que quero comprar.

Sex Dez 07, 03:57:00 AM
Bulga disse...

A polemica está aberta assim como acontece sempre em qualquer ruptura na MPB. Só mesmo uma homenagem à Nara leão para dividir as opiniões. E ela, onde estiver, deve estar adorando.
Grande musa da bossa nova, do tropicalismo e também do Um Que Tenha.

Sex Dez 07, 11:11:00 AM
Excluir
Mister Teles, o musical disse...

Eu adorei o disco, obrigado por postar coisas tao bacanas.

Dom Dez 09, 12:27:00 AM
Bruno disse...

Esse eh um disco pop e que inova muito nas versoes. Tem umas muito interessantes e outras exageradas demais.
Mas vale a pena escutar, sem duvida nenhuma.

Dom Dez 09, 11:50:00 AM
José Carlos disse...

Belíssimo.
A mais doce voz do cenário brasileiro.

Uma rara homenagem.

Obrigado,
Zeca

Seg Dez 10, 04:43:00 PM
Janilto disse...

que lindo.voz bonita,bom gosto,desprentensão,doçura.uma coisa bem digna da Nara e soa moderno,apaixonante.reinterpretaçõesque dão vida nova às composições que a Nara gravou.Nara aprovaria.tem que ter coragem pra transformar insensatez em pop.coisa que ninguem fez.quem diria que com açucar com afeto era tão dançante assim?quem não gostou do disco é porque esperava ouvir Nara Leão e não a Fernanda Takai.

Ter Dez 11, 03:37:00 PM

O CRIME NA CASA DOS VILLANOVA


Ainda estou estarrecido com o crime ambiental ocorrido na casa dos Villanova, em Maringá, onde a prefeitura assassinou uma árvore de 120 anos Pôxa, pensei como os meus botões, na administração passada não tivemos problemas com o belo cedro [FOTO] na avenida Gurucaia. Ele está lá até hoje, alegre e de braços abertos para quem passa ou desvia. Eu acompanhei a história pelo O Diário. Foi entre 2003 e 2004 quando a Prefeitura, em parceria com o Cesumar, iniciou a obra de duplicação da avenida Gurucaia, entre a Vila Bosque e o Jardim Aclimação. Contudo, a obra exigia a retirada de um cedro do trecho a ser duplicado, ainda na Vila Bosque. Com mais de 40 anos, a árvore está onde deveria passar uma das faixas da nova pista.
Me lembro que pessoal da prefeitura empacou e brincava dizendo que todos torciam para que um raio caísse naquela árvore. Ou seja, nesse caso,não haveria culpados pelo acidente. No dia seguinte eu levei a presidente do Conselho de Defesa do Meio Ambiente de Maringá (Condema) e fizemos uma foto com ela ao lado da árvore. Dito e feito: a árvore não sairia daquele lugar. O secretário de desenvolvimento urbano, na época, ainda brincou dizendo que colocaria o meu nome na curva caso acontecesse algum acidente de automóvel no cedro. Até hoje não aconteceu nada. A pista ficou estranha, eu concordo, mas o que a atitude da prefeitura junto com o Condema foi coisa de primeiro mundo: um respeito incomensurável por uma jovem senhora árvore.
Em 20 de fevereiro de 2004 o Condema baixou a resolução declarando o cedro como patrimônio público e imune de corte, conforme artigo 7º da Lei 4.771/1995,
do Código Florestal Brasileiro. E todos foram felizes. Até eu.

DAHOUI NA VOGUE

Amizades de infância e de adolescência sempre ficam. Hoje recebi mais um e-mail da Danielle Dahoui, irmã de um amigo, meu xará, dos tempos do Colégio São José, em Petrópolis. Pois é, a Dani cresceu e desenvolveu. É dona de dois restaurantes de primeira linha em Sampa. Agora ela acaba de debutar com uma coluna na revista Vogue que pode ser acompanhada no seguinte site:

http://rgvogue.ig.com.br/guia/2007/12/04/coluna_da_dahoui_1105543.html

Ela aceita idéia e sugestões.
Ok, Dani: bjs pra você, pro Marcelo e pra toda a família que fez parte da minha vida numa longínqua rua chamada Major Sérgio, no bairro Mosela.

NADA DE VERDE PARA OS IMBECIS

Eu adoro Maringá. Se existiu uma paixão a primeira vista foi com essa cidade. Porém, de perto ninguém é normal e dou graças a Deus por não ser músico. Caso contrário, sairia correndo daqui por mero desgosto. Logo se descobre que maringaense odeia música. O ódio dele é tão grande que ele castiga.
Recebi hoje um convite pra um tal de Luau. Na trilha sonora, mais uma dupla cacaraneja, aqueles caras que conseguem cacarejar quando abrem a boca. Tá bem, eu respeito as diferenças e o gosto de cada um, mas o que existe aqui é uma imposição. Ok, eu posso ficar em casa ouvindo o que eu quero ou partir para um rock na Tribos da vida, mas os que odeiam música são como messiânicos que partem em busca de novos adoradores. Ou seja: é a droga buscando os seus consumidores. Se eu tivesse filhos já estaria preocupado com o consumo dessa geração. E dá-lhe Cesar Luis e Menotti {sou da época que esse cara era técnico da seleção argentina], Fabiano e Fábio, Tom e Jerry, Grudado e Grudêncio e outros nomes impublicáveis. Juro, uma vez achei que o povo daqui gostava de Vinicius de Moraes e João Bosco, tudo porque encontrei um CD pírata numa banca com o título 'João Bosco e Vinícius'. Só achei estranho juntar os dois, uma vez que eles nunca fizeram música juntos. Pouco depois descobri a verdade. Era mais uma dessa duplas disfarçadas.
Deus quando fez Maringá disse: será uma cidade bela, com muitas árvores e ruas largas. Quando perguntaram a razão de tanta coisa boa, Deus respondeu: É que vocês não sabem o tipo de coisa que eles vão ouvir por lá.
Por favor, venha conhecer Maringá, abra os olhos para o verde e tampe seus ouvidos para a imbecilidade. Eles adoram rodeio, derrubam arvores e fazem do automóvel uma arma. Maringaense é o único ser anti-ecológico por natureza.

CAROL MANDOU AVISAR

Amiguinhos.....
O Blog Realidade & Cia está de volta á ativa....
www.realidadeecia.blogspot.com.
Já tem postagem nova na área...


--
Beijos
Caroline Rocha
caroli_rocha@hotmail.com

domingo, dezembro 09, 2007

FERNANDA TAKAI - O BICHO TÁ PEGANDO

O disco de Fernanda Takai - Pato Fu - se não é um dos melhores do ano, é o mais polêmico, Saca só os comentário no blog umquetenha :

Antônio disse...

Valeu! Este disco está fresquinho, é da princesa do Pato Fu em homenagem à Nara Leão. Obrigado!

Seg Dez 03, 09:37:00 PM
Flávia C. disse...

Recomendadíssimo!!! :-D

Ter Dez 04, 08:00:00 AM
galvaozim disse...

Caro amigo
Voce está atualizadíssimo. Disco mais fresquinho do que esse não tem em lugar nenhum. Parabens e obrigado sempre, por nos brindar maravilhas de boa qualidade.
abraços
Galvao

Ter Dez 04, 09:48:00 AM
Magno disse...

Lindo,Lindo!!!
Que linda homenagem à Nara Leão!!

Golaço da Fernanda Takai!!

Obrigado pela postagem!

Ter Dez 04, 10:46:00 AM
Ana Lúcia Co disse...

Todos que participaram da produção deste cd foram muito felizes. Ficou Maravilhoso. Parabéns especial para Fernanda Takai....Está Perfeito......Muuuuuito Bom!

Ter Dez 04, 01:32:00 PM
Bulga disse...

Que agradável surpresa. O disco é um sério concorrente ao melhor do ano. Aliás, o blog podia fazer uma eleição com os internautas para todos ajudarem a eleger os melhores do ano.
Quem tal?

Ter Dez 04, 09:54:00 PM
Excluir
Diogo disse...

Ruim demais!
Q crime foi cometido com os clássicos.
O que é Estrada do Sol por essa Takai?

Ela devia cantar música infantil.

Não recomendo!!

Qua Dez 05, 04:04:00 PM
Tombom disse...

Fantástica postagem!
Parabéns pela rapidez, meu caro Fulano Sicrano!

Ouvi apenas trechos (por enquanto) e gostei. Se for inteiramente bom, como parece, vou fazer uma coisa "quase fora de moda"... comprar o CD!

Qua Dez 05, 04:22:00 PM
Anônimo disse...

muito bom o disco.
homenagem a Nara leão de primeira.

Qua Dez 05, 08:00:00 PM
Bernardo Botelho disse...

Além de ser uma belíssima homenagem à Nara Leão esse disco é um dos melhores que ouvi esse ano.

Qui Dez 06, 01:49:00 AM
Ronaldo Menezes disse...

Rapaz, quem diz que esse disco é bom ou é apaixonado pela Fernanda ou nunca ouviu outras interpretações dessas músicas. A única interpretação que dá pra ouvir é "Diz que fui por ai" que incidentalmente é a primeira música. O resto é pra matar um. Eu até que acho Pato Fu agradavel, mas a Fernanda deveria deixar essa idéia pra lá. Eu baixei, mas já já vou apagar.

Valeu por ter colocado aqui. Mais uma vez o "Um Que Tenha" me ajuda a escolher os discos que quero comprar.

Sex Dez 07, 03:57:00 AM
Bulga disse...

A polemica está aberta assim como acontece sempre em qualquer ruptura na MPB. Só mesmo uma homenagem à Nara leão para dividir as opiniões. E ela, onde estiver, deve estar adorando.
Grande musa da bossa nova, do tropicalismo e também do Um Que Tenha.

Sex Dez 07, 11:11:00 AM
Excluir
Mister Teles, o musical disse...

Eu adorei o disco, obrigado por postar coisas tao bacanas.

Dom Dez 09, 12:27:00 AM
Bruno disse...

Esse eh um disco pop e que inova muito nas versoes. Tem umas muito interessantes e outras exageradas demais.
Mas vale a pena escutar, sem duvida nenhuma.

Dom Dez 09, 11:50:00 AM

É O FIM DA PICADA

A principal atração de Maringá são as arvores. Digo isso porque recebo visitas do Rio de Janeiro e todos ficam encantados com a cidade devido a esse aspecto. Mas essa matéria do Fabio Linjardi em O Diário me tira do sério. Que prefeitura é essa? E o prefeito ainda diz que entende de turismo e ecologia.

Prefeitura de Maringá ignora manifestações e corta árvore centenária

A canafístula de aproximadamente 30 metros de altura foi derrubada neste domingo pela Prefeitura de Maringá por volta das 17 horas. Hoje de manhã, manifestantes tinham conseguido impedir temporariamente o corte da árvore.

No local em que a canafístula estava será construído o prolongamento da Avenida Horácio Raccanelo Filho. Segundo ambientalistas que participaram da manifestação pela permanência da árvore, ela tinha cerca de 120 anos.

O corte foi atrasado por cerca de dez manifestantes. O jornalista José Ângelo Rigon, presidente da Organização Não-Governamental Instituto Memória Paraná chegou a ficar 3 horas em cima da árvore para impedir que ela fosse derrubada.

O ambientalista Jorge Guerra Villalobos, professor-doutor do Departamento de Geografia da Universidade Estadual de Maringá (UEM), disse que denunciará o caso à Promotoria de Defesa do Meio Ambiente.

“É um caso de processo. Amanhã, eles [prefeitura] vão tentar explicar o que não tem explicação”, afirma Villalobos.

As primeira informações eram de que a prefeitura não tinha autorização para derrubar a árvore. O secretário municipal de Meio Ambiente, Diniz Afonso, não foi localizado nesta tarde para comentar o corte da árvore. O chefe regional do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Paulino Mexia, também não foi localizado pelo Diário Online.

NOTICIAS DO ELTON

O Elton Hubner - ex-O Diário de Maringá - elencou em sem blog algumas das coisas ruins de Vancouver, Canadá, cidade onde está morando agora. Mesmo assim, diz que o Canadá é um dos melhores países para viver.

Então tudo no Canadá é perfeitinho? Não, em nenhum lugar! Aqui vai uma lista breve do que estudantes brasileiros costumam reclamar de Vancouver:

- Teimam em dizer que a cidade é grande, mas não é. O centro de Vancouver mesmo é menor que o de Maringá. Acontece que o arquipélogo é formado por várias pequenas cidades que, juntas, formam a "grande Vancouver". Se quiser ir pra uma cidade grande de verdade no Canadá, escolha o leste - Toronto, Ottawa, Montreal...

- Vai sair à noite? Até se acostumar, você pode passar por momentos de desespero, já que o transporte público praticamente pára depois da 1h da manhã. Mas o pior de tudo são as filas e o péssimo atendimento nas discotecas e nos bares. Eu disse "ruim"? Não, eu falei PÉSSIMO atendimento! Ah, quer exemplos? Ok. Imagine uma fila ridícula de, digamos, 30 pessoas. Agora pense em como é ficar esperando nessa fila por 1,5 ou 2 HORAS até chegar sua vez de entrar. Se quiser passar na frente de todo mundo, não tem problema nenhum. Grande parte das discotecas em Vancouver adota o sistema de propinas aos seguranças: 20 dólares são suficientes pra entrar sem precisar esperar no lado de fora. É, ainda acham "chique" deixar os palhaços em pé no lado de fora... Nem vou comentar a truculência dos seguranças desta vez.


LEIA MAIS CLICANDO AQUI

LUKAS IN RIO

A Casa do Noca dirigida pelo Lukas faz sucesso pelo mundo afora. Olha que encontrei no blog Rio Temporada

Dica de Blog: Casa do noca, o blog do cartunista Lukas

Por Thiago Velloso | Novembro 28, 2007

A dica de hoje não é um bar, nem um restaurante, é um outro blog bastante interessante e que eu gostaria de compartilhar com vocês. Casa do Noca é o blog do cartunista Lukas, que desenha para o Diário de Maringá - cidade ao norte do Paraná. Pelo que eu percebi tudo que vai pro jornal passa pelo blog com um plus das rabiscadas do lukas que também figuram por lá.

sábado, dezembro 08, 2007

FESTA ESPAÑOLA

 


Na sexta-feira fui convidado para a festa das turmas de espanhol do Fisk Maringá. Turminha animada que participou de diversas brincadeiras. Para beliscar, alfojores, soppappillas [não sei se a grafia está correta}, pasteis, ponche e refrigerante.
Posted by Picasa

PERY DE CANTI E A TERRA PROMETIDA

 
Posted by Picasa


O cineasta Pery de Canti reuniu hoje a produção e o elenco do filme Terra Prometida para explicar como anda a pós-produção do filme rodado em Maringá. Explicou todo o processo para realização de um filme nacional, lembrando que no caso do Terra Prometida não há subsídios. O elenco - praticamente todo maringaense - está empolgado para a pré-estréia em 2008. A reunião foi muito produtiva e serviu para afastar os boatos de que a produção não iria para a tela. Infelizmente, há muita gente torcendo contra o filme sobretudo pela temática agrária abordada no roteiro.

sexta-feira, dezembro 07, 2007

quarta-feira, dezembro 05, 2007

NEM GARCIA, NEM ANDORINHA

Em busca de mais conforto tenho utilizado muito os serviços da Viação Andorinha que faz a linha Maringá- Presidente Prudente, passando por Nova Esperança. É uma forma de fugir daqueles ônibus amarelos metropolitanos da Garcia, empresa que se auto-proclama 'a melhor empresa do país'. Quem votou nela deve ser parente dos acionistas. Os ônibus metropolitanos tratam os passageiros como eles estivessem num curral. São poucas as poltronas – para caber mais gente em pé e faturar mais – e não há refrigeração. Mas a Andorinha não fica muito atrás. As poltronas reclinam de verdade, mas muito além do que seria permitido. Quem resolver reclinar a poltrona acaba esmagando as pernas e o que tiver no colo do passageiro sentado atrás.
Tem mais coisa lamentável. Outro dia, o motorista foi obrigado a pedir dinheiro emprestado a um passageiro para poder pagar o pedágio. O próprio motorista, muito sem graça, disse que já trabalhou em várias empresas mas nunca numa tão esculhambada como a Andorinha.
Tem ar –condicionado? Nem sempre. E quando tem não funciona direito. Fico imaginando aqueles que vão para Presidente Prudente, Eles não viajam, mas sobrevivem.
Tem mais uma: um motorista resolveu falar para os passageiros sobre a importância e obrigatoriedade do uso de cinto de segurança. Depois da explicação veio a pergunta de uma passageira:
- Mas onde estão os cintos?
De fato, os cintos não existiam.
E não se iluda: no guichê da Andorinha há uma foto - no computador - de um ônibus moderno, de dois andares. Deve ser o único da empresa nessas condições pois nunca o vi circular. Nem na garagem da viação, um local que os passageiros já se acostumaram a visitar para as constantes trocas de ônibus quebrados. Seria cômico se não fosse trágico.

terça-feira, dezembro 04, 2007

UM DOS MELHORES DO ANO


Desculpem a demora das postagens. Muito trabalho nesse fim de ano (e o volume só deve aumentar). Estou ouvindo o CD de Fernanda Takai (Patu Fu) Onde Brilhem os Olhos Seus, todo dedicado ao repertório de Nara Leão (a mais antenada artista da MPB de todos os tempos).
O disco da Fernanda é sensacional e concorre desde já para uns dos melhores do ano. Vai de Jobim, Roberto, Chico e todo aquele eclético repertório de Nara Leão, musa da bossa nova, do tropicalismo, madrinha de Chico, Bethania, Fagner e até de Raul Seixas.
Um disco de alta rotatividade.
Estou mandando por e-mail uma música do disco para o pessoal cadastrado no blog.

segunda-feira, dezembro 03, 2007

DE PAULA DE MARINGÁ

 
Posted by Picasa


Clique no convite para ampliar !!!

Afonsinho













Esse é Afonsinho que além de craque foi um dos mais importantes nomes da história do futebol. Foi ele quem lutou pela dignidade do profissional que antes era tratado como objeto entre os clubes. Um capítulo decisivo foi o da barba de Afonsinho: por se recusar a raspá-la, como queria o técnico Zagalo, ele teve seu contrato com o Botafogo rescindido e foi conseguir na Justiça a liberação de seu passe.
Paulista de Jaú, Afonsinho também foi médico. Amigo da MPB, ganhou uma música de Gilberto Gil, “Meio de Campo” (gravado por Elis Regina) e de Moraes Moreira, “Espírito Esportivo”.

(Acima, foto de Afonsinho na revista Programa – Jornal do Brasil – 14/12/80)
Posted by Picasa
Foto: Carta Capital

MEIO DE CAMPO
Gilberto Gil
Prezado amigo Afonsinho
Eu continuo aqui mesmo
Aperfeiçoando o imperfeito
Dando tempo, dando um jeito
Desprezando a perfeição
Que a perfeição é uma meta
Defendida pelo goleiro
Que joga na seleção
E eu não sou Pelé, nem nada
Se muito for eu sou um Tostão
Fazer um gol nesta partida não é fácil, meu irmão
Entrou de bola, e tudo!